terça-feira, novembro 30, 2021
InícioItaguaíPrefeitura derruba construções irregulares sobre canal

Prefeitura derruba construções irregulares sobre canal

Prefeitura de Itaguaí, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, promoveu nesta sexta-feira (7) demolição de várias construções irregulares edificadas sobre o Canal do Viana, ao lado da Rua José Pinto, no Centro da Cidade. Em nota, a prefeitura afirma que essa ação é para possibilitar a realização de dragagem com o objetivo de desobstruir e desassorear o canal para evitar alagamentos em vários bairros da cidade em época de chuvas intensas. E que os moradores e comerciantes do local teriam sidos avisados da operação e notificados para que, espontaneamente, demolissem as construções irregulares.

Prefeitura demoliu construções que, segundo afirma, estariam sendo motivo de alagamento em bairros da cidade

A nota afirma que “tratam-se de construções irregulares

Prefeitura de Itaguaí, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, promoveu nesta sexta-feira (7) demolição de várias construções irregulares edificadas sobre o Canal do Viana, ao lado da Rua José Pinto, no Centro da Cidade. Em nota, a prefeitura afirma que essa ação é para possibilitar a realização de dragagem com o objetivo de desobstruir e desassorear o canal para evitar alagamentos em vários bairros da cidade em época de chuvas intensas. E que os moradores e comerciantes do local teriam sidos avisados da operação e notificados para que, espontaneamente, demolissem as construções irregulares.

Prefeitura demoliu construções que, segundo afirma, estariam sendo motivo de alagamento em bairros da cidade

A nota afirma que “tratam-se de construções irregulares que impossibilita a limpeza do Canal, pois impede a entrada de máquinas que fazem a manutenção e desassoreamento do mesmo. Isto, em época de chuvas, traz grandes transtornos à população de vários bairros, especialmente o Bairro do Teixeira, Engenho e Amendoeira, em que as casas são inundadas, a pavimentação das vias públicas são destruídas”.

A prefeitura diz, ainda, que esse é um problema antigo na cidade e que passou “por várias administrações sem nenhuma solução. Há casos em que os moradores foram notificados em 2018, sobre a irregularidade da construção e da obrigatoriedade de sua demolição. As construções estão em área de preservação permanente (APP), o que não é permitido”.

Moradores e pequenos comerciantes tiveram que retirar suas coisas às pressas

Mas os moradores e comerciantes do local, que fica ao lado do Supermercados Guanabara, disseram que tiveram pouco tempo para se organizar, apenas 30 dias. E, por isso, ficaram indignados com a decisão.  E reclamaram nas redes sociais pontando vídeos relatando que funcionários da prefeitura chegaram com uma retroescavadeira e caminhões para demolir construções que abrigavam um pequeno comércio, como peixaria, lanchonete, lava-jato, garagens e lajes que serviam de pontes sobre o rio sem dialogar.

 

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!