quinta-feira, dezembro 2, 2021
InícioItaguaíOperação combate irregularidades em Mangaratiba

Operação combate irregularidades em Mangaratiba

As secretarias de Meio Ambiente, de Obras, Planejamento e Urbanismo, de Segurança, Trânsito e Ordem Pública e de Fazenda de Mangaratiba se uniram em uma megaoperação para combater irregularidades no município. As ações aconteceram na quarta (15) e quinta-feira (16) na Gamboa, Flexeiras, Praia Grande e em Águas Lindas. Foram apreendidas motos roubadas, interdições de obras em área de proteção, desligamentos de energia clandestina e mapeamento de construções.  A Unidade de Policiamento Ambiental (Upam), a Polícia Militar, Enel e Marinha do Brasil deram apoio com participação nas estratégias, inteligência e operações. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Antonio Marcos, a secretaria disponibilizou a embarcação, e a Upam vai manter o monitoramento até o próximo sábado (18) nessas áreas. “Existe hoje um problema

As secretarias de Meio Ambiente, de Obras, Planejamento e Urbanismo, de Segurança, Trânsito e Ordem Pública e de Fazenda de Mangaratiba se uniram em uma megaoperação para combater irregularidades no município.

As ações aconteceram na quarta (15) e quinta-feira (16) na Gamboa, Flexeiras, Praia Grande e em Águas Lindas. Foram apreendidas motos roubadas, interdições de obras em área de proteção, desligamentos de energia clandestina e mapeamento de construções.  A Unidade de Policiamento Ambiental (Upam), a Polícia Militar, Enel e Marinha do Brasil deram apoio com participação nas estratégias, inteligência e operações.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Antonio Marcos, a secretaria disponibilizou a embarcação, e a Upam vai manter o monitoramento até o próximo sábado (18) nessas áreas. “Existe hoje um problema muito grande de ocupação irregular, de uso do solo dentro do território municipal de maneira muito irregular. Tanto nós da secretaria de Meio Ambiente quanto das outras secretarias envolvidas, vamos trabalhar unidas efetivamente com muita força para coibir e regularizar essa situação”.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!