domingo, outubro 24, 2021
InícioItaguaíObras emergenciais em Mangaratiba são iniciadas

Obras emergenciais em Mangaratiba são iniciadas

A prefeitura de Mangaratiba e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciaram, na sexta-feira (1), obras emergenciais na Rodovia Rio Santos, no trecho entre o túnel e o bairro Praia do Saco para prevenir enchentes como as que ocorreram no início de 2019 e causaram alagamentos em diversas residências das proximidades. Segundo a prefeitura, foi realizado o mapeamento de toda malha de captação de águas pluviais da localidade e verificado que todas as galerias junto a rodovia se encontravam entupidas, sendo necessária a utilização de máquinas e caminhões para a desobstrução. De acordo com o prefeito Alan Bombeiro, o intuito é que todo o trecho seja limpo e desassoreado. “Para que então possamos ter um mínimo possível de volume de água no bairro Nova Mangaratiba, evitando assim as grandes enchentes que causam ba

A prefeitura de Mangaratiba e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciaram, na sexta-feira (1), obras emergenciais na Rodovia Rio Santos, no trecho entre o túnel e o bairro Praia do Saco para prevenir enchentes como as que ocorreram no início de 2019 e causaram alagamentos em diversas residências das proximidades.

Segundo a prefeitura, foi realizado o mapeamento de toda malha de captação de águas pluviais da localidade e verificado que todas as galerias junto a rodovia se encontravam entupidas, sendo necessária a utilização de máquinas e caminhões para a desobstrução.

De acordo com o prefeito Alan Bombeiro, o intuito é que todo o trecho seja limpo e desassoreado. “Para que então possamos ter um mínimo possível de volume de água no bairro Nova Mangaratiba, evitando assim as grandes enchentes que causam bastante preocupação e perda para os nossos moradores”, completou.

“Uma nova malha está sendo feita para redirecionar a água que hoje cai sobre o bairro Nova Mangaratiba, onde não acontecerá mais enchentes naquele local”, disse o secretário adjunto de Governo, Dori Costa.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!