domingo, outubro 24, 2021
InícioItaguaíNovos membros do Comitê Guandu tomam posse nesta quinta-feira

Novos membros do Comitê Guandu tomam posse nesta quinta-feira

Criado com o objetivo de elaborar políticas para gestão da Bacia Hidrográfica dos rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim, o Comitê Guandu vai empossar novos membros nesta quinta-feira, durante solenidade na Câmara Municipal de Seropédica (CMS). A posse da nova composição do órgão será realizada durante as primeiras reuniões plenárias ordinária e extraordinária de 2019, com início às 9h30, no auditório da CMS. Na ocasião, prefeitos de cidades da região vão assinar documento com o projeto Produtores de Água e Floresta, na sub-bacia de Sacra Família. O Comitê Guandu é responsável por atividades como aprovar e acompanhar a elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia, arbitrar conflitos pelo uso da água, estabelecer mecanismos para os valores da cobrança pelo uso da água e desenvolver projetos para melhorar a qualidade e a

Criado com o objetivo de elaborar políticas para gestão da Bacia Hidrográfica dos rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim, o Comitê Guandu vai empossar novos membros nesta quinta-feira, durante solenidade na Câmara Municipal de Seropédica (CMS). A posse da nova composição do órgão será realizada durante as primeiras reuniões plenárias ordinária e extraordinária de 2019, com início às 9h30, no auditório da CMS. Na ocasião, prefeitos de cidades da região vão assinar documento com o projeto Produtores de Água e Floresta, na sub-bacia de Sacra Família.

O Comitê Guandu é responsável por atividades como aprovar e acompanhar a elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia, arbitrar conflitos pelo uso da água, estabelecer mecanismos para os valores da cobrança pelo uso da água e desenvolver projetos para melhorar a qualidade e a quantidade da água da Bacia Hidrográfica que abastece mais de 12 milhões de pessoas na Região Metropolitana do Rio. Os novos membros assumirão essas responsabilidades durante o biênio 2019-2020.

A assessoria de comunicação do Comitê Guandu informa que a composição do órgão é diversificada e democrática para que todos os setores da sociedade com interesse sobre a água na bacia tenham representação e poder de decisão sobre sua gestão. As instituições se dividem nos segmentos de usuários, sociedade civil organizada e poder público, totalizando 36 vagas. Os usuários ocupam 14 vagas e são pessoas físicas ou jurídicas que utilizam água para seu uso, captação ou lançamento de resíduos. Esse segmento se subdivide nos setores de mineração, abastecimento, sistema de transposição, agropecuária, serviço de saneamento, energia e indústria. “A participação desse segmento é importante para que consigamos atingir o desenvolvimento sustentável, ou seja, garantir a produção e o desenvolvimento no presente, sem afetar a geração futura”, acentua a nota que divulga a realização da posse dos novos membros.

Com relação ao segmento da sociedade civil, trata-se de representantes da população e seus interesses pela água, principalmente no que se refere ao consumo humano. São esses membros que participam da tomada de decisões que influenciarão na melhoria dos recursos hídricos, na qualidade de vida da região e no desenvolvimento sustentável da bacia, estando aí incluídos organizações não governamentais, associações, entidades ambientais, instituições de ensino superior, associações técnico-científicas e sindicatos.

Já o segmento poder público é formado por representantes dos governos municipal, estadual e federal, sendo a voz e a representatividade do Estado no âmbito do órgão colegiado, desempenhando ainda o papel de elo entre o Comitê e os órgãos públicos.

Com a sua posse, os novos integrantes terão pela frente o desafio de seguir na luta em prol dos recursos hídricos, como, por exemplo, a colocação em prática do Plano Estratégico de Recursos Hídricos (PERH), já pronto e aprovado, após anos de estudo. A ideia é que os integrantes respeitem suas metas e objetivos a curto, médio e longo prazo, em um horizonte de 25 anos. Além do PERH, já estão em andamento ou previsto para esse ano os projetos Saneamento Rural; Produtores de Água e Floresta Sacra Família; o Plano de Comunicação, além de projetos de educação ambiental.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!