Manu Aparecida, atleta de Itaguaí, “dubla” Dona Déa no Domingão com Huck

Bgirl de 19 anos sonha com participação nos Jogos Olímpicos de 2028

A atleta Manu Aparecida, natural de Itaguaí, foi destaque no Domingão com Huck (TV Globo) neste domingo (23). Praticante de breaking, fez as vezes de dublê de Dona Déa em uma brincadeira.

Manu, de 19 anos, se caracterizou como Dona Déa e se apresentou no palco do programa com passos de dança e piruetas, como se a mãe do comediante Paulo Gustavo (1978-2021) estivesse performando. A atuação repercutiu nas redes sociais e em diferentes sites – clique aqui para conferir o vídeo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como parte da caracterização, a jovem– que é federada pela Confederação Nacional de Dança Desportiva e internacionalmente pela WDSF (World DanceSport Federation) – precisou usar um preenchimento por baixo da roupa, o que se tornou um obstáculo a mais durante a apresentação: “Na arte, a gente precisa se adaptar, foi um desafio importante”, comenta Manu.

LEIA MAIS

Expo Itaguaí 2024 anuncia Cabelinho

Além do preenchimento, a Bgirl precisou lidar ainda com outro fator desfavorável, o famoso frio na barriga antes da performance: “É um programa que está na casa dos brasileiros e cheio de celebridades. Foi muita responsabilidade me apresentar para o Brasil inteiro”, admite ela, mostrando orgulho por ter representado Itaguaí num programa de tanta repercussão: “Itaguaí é a cidade que moro e me acolheu desde criança, fico muito feliz de levar Itaguaí comigo por onde eu for”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Manu (E) ao lado de Dona Déa (Arquivo pessoal)

A atleta relembra como surgiu a oportunidade de se apresentar no Domingão: “Fui para prestigiar o Fernando Perroti, que é um dos competidores do Dança dos Famosos e foi meu professor. Antes do programa começar, pedi ao Luciano Huck para dançar breaking no palco, expliquei brevemente quem eu era e minha profissão, e ele permitiu. Depois, alguém da produção teve a ideia deste quadro, e a coreógrafa Roberta Cid me viu em uma publicação e sugeriu meu nome. Serei eternamente grata”.

Sobre o contato com Dona Déa, Manu conta: “Conhecê-la foi simplesmente espetacular. Ela é uma peça mesmo. Alegre, divertida e cheia de vida. Ela é uma referência como mãe e uma inspiração como mulher. Uma fortaleza, que sorte a nossa o Paulo Gustavo apresentar ela para todo o Brasil”.

FUTURO

Passado o desafio de se apresentar no Domingão com Huck, Manu Aparecida agora planeja novas metas. Uma delas é participar das Olimpíadas de 2028 no Breaking, modalidade que estreia nos Jogos mês que vem, em Paris.

Mas para isso, ela sabe que o único caminho é a dedicação: “Preciso treinar muito, evoluir e aprender sempre. Me destacar no esporte e na arte… O sonho das Olimpíadas é uma possibilidade e uma consequência para quem persiste. E meu sobrenome é persistência”, encerra.

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
/* */