quarta-feira, outubro 20, 2021
InícioItaguaíMangaratiba comemora 187 anos com entrega de títulos de cidadania

Mangaratiba comemora 187 anos com entrega de títulos de cidadania

A solenidade que marcou a comemoração pela passagem do 187º aniversário de emancipação política de Mangaratiba ganhou casa nova esse ano, sendo realizada no tradicional Clube Mangarás, no centro, cujo salão recebeu centenas de pessoas num belo domingo de sol. Ali foram entregues títulos de cidadania mangaratibense a diversas personalidades com ligações afetiva, profissional ou funcional, e que, na avaliação dos vareadores, tiveram ou têm importante participação em atividades que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. A direção dos trabalhos ficou a cargo do presidente da Câmara Municipal de Mangaratiba (CMM), vereador Edu Jordão. Já o cerimonial foi conduzido pela vereadora licenciada Cecília Cabral.

A abertura da solenidade foi marcada pelo hasteamento das bandeiras e a execução dos hinos nacional e de Mangaratiba, pela Or

A solenidade que marcou a comemoração pela passagem do 187º aniversário de emancipação política de Mangaratiba ganhou casa nova esse ano, sendo realizada no tradicional Clube Mangarás, no centro, cujo salão recebeu centenas de pessoas num belo domingo de sol. Ali foram entregues títulos de cidadania mangaratibense a diversas personalidades com ligações afetiva, profissional ou funcional, e que, na avaliação dos vareadores, tiveram ou têm importante participação em atividades que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. A direção dos trabalhos ficou a cargo do presidente da Câmara Municipal de Mangaratiba (CMM), vereador Edu Jordão. Já o cerimonial foi conduzido pela vereadora licenciada Cecília Cabral.

A abertura da solenidade foi marcada pelo hasteamento das bandeiras e a execução dos hinos nacional e de Mangaratiba, pela Orquestra Municipal de Mangaratiba, regida pelo maestro Samuel Lourenço. O pavilhão nacional foi hasteado pelo comandante do Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (Cadim), capitão de mar-e-guerra Max Guilherme de Andrade e Silva. As bandeiras do estado e do município foram içadas, respectivamente, pelos vereadores Eduardo Jordão e Emilson da Farmácia. Já no interior do clube a sequência do cerimonial incluiu leitura bíblica e um resumo histórico da formação do município, em que a vereadora Cecília Cabral relatou, por exemplo, períodos em que Mangaratiba pertenceu às cidades de Rio Claro, Angra dos Reis e Itaguaí. Ela também lembrou a importância do Legislativo para a cidade, acentuando que ele foi o primeiro poder instituído quando Mangaratiba, alçada à condição de vila, conquistou sua independência administrativa.

O presidente Edu Jordão fez oficialmente as honras da casa, com um discurso marcado pela esperança em novos tempos. “Já tivemos percalços demais. Acreditamos que com essa nova administração Mangaratiba vai prosperar”, disse ele, conclamando depois cada munícipe a ser um ponto de apoio na construção diária do desenvolvimento local. “Uma cidade é sempre maior do que os projetos pessoais de quem a governa”, completou Jordão, antes de pedir que todos se unissem na oração de um Pai Nosso.

O primeiro vereador a entregar diplomas aos seus homenageados foi o vice-prefeito eleito, Alcimar Moreira Carvalho, o Chicão da Ilha. Depois deles, os parlamentares se revezaram na entrega nas honrarias, à qual se somaram as deferências da Mesa Diretora da CMM. O presidente Edu Jordão aproveitou para homenagear o servidor Alberto Rodrigues da Silva, autor do hino da cidade. Depois, ele próprio recebeu uma moção de aplausos ao trabalho à frente do Legislativo. A deferência foi assinada por todos os colegas, a partir de iniciativa dos vereadores Fernando do Zé Luiz do Posto e Professor Renato Fifiu.

Falando em nome dos homenageados, o comandante Max, do Cadim, agradeceu pelo reconhecimento pessoal a cada um dos distinguidos e depois falou sobre o compromisso das forças armadas na garantia da ordem institucional do país, o que inclui a contribuição com o desenvolvimento do território que abriga a unidade da Marinha do Brasil. Representando os colegas, o vereador Rodrigo Bondim citou verso “Quanta beleza te deu a vida”, do hino da cidade, para enfatizar que nada é mais forte que o exemplo deixado pelos homenageados. “Espero que Mangaratiba volte a encontrar o caminho do crescimento”, concluiu.

No encerramento da solenidade, o presidente Edu Jordão pediu ao vice-prefeito eleito, Chicão da Ilha, para olhar com carinho a situação dos músicos da Orquestra Municipal de Mangaratiba, visando o seu retorno oficial às atividades.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!