terça-feira, outubro 19, 2021
InícioItaguaíLives transmitem I Congresso Brasileiro de Cultura

Lives transmitem I Congresso Brasileiro de Cultura

FOTO REPRODUÇÃOA ESCRITORA Pituka Nirobe, que em 2019 participou de projeto em Mangaratiba, vai debater a tecnologia e a educação na cultura do amanhã

REFLEXÕES Empresa com larga experiência na rotina de produzir projetos culturais, a Drum Brasil está promovendo, desde a quinta-feira (6) o I Congresso Brasileiro de Cultura (CBC), reunindo artistas, produtores, associações, patrocinadores, representantes dos setores privado e público, para formar uma aliança em defesa da cultura nacional. A participação é gratuita e os interessados em participar devem preencher formulário de inscrição que está no endereço eletrônico https://congressobrasileirocultura.org/congresso. 

O tema central do CBC é “Cultura x pandemia – desafios e soluções”. 

A ideia do CBC é a

FOTO REPRODUÇÃO
A ESCRITORA Pituka Nirobe, que em 2019 participou de projeto em Mangaratiba, vai debater a tecnologia e a educação na cultura do amanhã

REFLEXÕES Empresa com larga experiência na rotina de produzir projetos culturais, a Drum Brasil está promovendo, desde a quinta-feira (6) o I Congresso Brasileiro de Cultura (CBC), reunindo artistas, produtores, associações, patrocinadores, representantes dos setores privado e público, para formar uma aliança em defesa da cultura nacional. A participação é gratuita e os interessados em participar devem preencher formulário de inscrição que está no endereço eletrônico https://congressobrasileirocultura.org/congresso

O tema central do CBC é “Cultura x pandemia – desafios e soluções”. 

A ideia do CBC é a de integrar todos os setores da cadeia produtiva da cultura, mesmo neste cenário de pandemia, não apenas elaborando um evento totalmente online, seguindo as regras de distanciamento social, como incluindo no debate os impactos da covid-19 na Economia Criativa, para propor, juntos, alternativas e soluções, de curto, médio e longo prazos, seja mediante políticas públicas ou por meio da iniciativa privada, promovendo uma aliança pela cultura do Brasil.

A programação inclui oito lives temáticas, duas por dia, às quintas-feiras do mês de agosto, quando serão abordadas, a partir do atual contexto, iniciativas do setor, reunindo especialistas nas áreas do teatro, cinema, Carnaval, turismo, educação e tecnologia. Das linhas de incentivo, públicas ou privadas, às iniciativas inventivas de produtores e artistas, seja para o período de isolamento quanto para um cenário ainda incerto de reabertura.

As duas primeiras lives foram realizadas na quinta-feira (6), tratando do “Fomento às atividades culturais”, incluindo temas como a responsabilidade do setor público na defesa da cultura, a Lei Aldir Blanc e fomento direto para atividades culturais, leis de incentivo e o papel da iniciativa privada, a A Lei do Imposto Sobre Serviços de Incentivo à Cultura, e o que esperar ainda de 2020 e do edital para 2021.

Na quinta-feira (13), os assuntos serão “Os desafios do mercado do entretenimento”, com a primeira live, das 19h às 20h30, sobre a reinvenção do teatro em tempos de pandemia, as peças teatrais em vídeo-chamadas, espetáculos em streaming e a preparação para o retorno aos palcos. Na sequência, de 20h30 às 22h, será tratado o mercado audiovisual, a adaptação e oportunidades, lançamentos adiados, produção interrompida, o retorno dos drive-ins e o novo cinema.

O terceiro dia da programação, na quinta-feira (20) será dedicado ao “futuro das festas populares”. Das 1h às 20h30, os assuntos serão o Carnaval, perspectivas e possibilidades, como o Carnaval 2021 será afetado e de que maneira as escolas de samba e os blocos vão carnavalizar o amanhã?. Em seguida, de 20h30 às 22h, serão abordados os impactos da pandemia nas festas regionais, os reflexos do adiamento ou cancelamento das festas juninas e de festivais como o de Parintins, e o que esperar?.

O quarto e último dia, na quinta-feira (27), será dedicado à “Tecnologia e a educação na cultura do amanhã”, com a primeira live, das 19h às 20h30, abordando a relação entre a educação e a cultura em nossa formação, e as estratégias educacionais de transmissão cultural na educação pública e privada. Na sequência, de 20h30 às 22h, estará em discussão a tecnologia integrada à cultura e as novas ferramentas e plataformas para a reinvenção do mercado cultural

 

OLHO:

Dentre os temas que serão discutidos estão os desafios do mercado do entretenimento, o futuro das festas populares, a reinvenção do teatro, o Carnaval 2021, os reflexos do adiamento ou cancelamento das festas juninas e de festivais, e a tecnologia integrada à cultura

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!