Itaguaí: prefeitura interdita terreno com cerca de 400 cães

Uma operação conjunta que envolveu Prefeitura, Ministério Público do Rio de Janeiro e Polícia Civil interditou um terreno em Itaguaí (local exato não revelado) com cerca de 400 cães em condições precárias de vida. A Polícia conduziu o casal dono do terreno para a 50ª DP para prestar esclarecimentos.

Os agentes encontraram animais debilitados e até mesmo ossadas, que vão ser analisadas em laboratório. A proprietária do terreno disse que os animais são abandonados ali e que ela e o marido tentam cuidar dos cães, com muita dificuldade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O veterinário da prefeitura cuidou de uma cachorrinha em estado muito frágil e disse que o estado geral dos animais não é péssimo porque aparentemente a dona do terreno tentava cuidar dos cães, mas que ainda assim vários inspiram cuidados.

O secretário do Ambiente, Mudanças do Clima e Bem-estar Animal de Itaguaí, Antonio Marcos Barreto, disse que ainda é cedo para tirar conclusões, mas que o principal é o bem-estar dos animais, e que a polícia vai investigar. A denúncia inclusive mencionou a suspeita de que a quantidade de cães era para fornecer carne.

Barreto afirmou também: “Se tiver boa intenção, vamos dar estrutura, trazer o castramóvel e veterinários e identificar os animais para dar destino correto em feiras de adoção”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
/* */