quarta-feira, maio 18, 2022
InícioItaguaíItaguaí intensifica campanha de vacinação infantil contra a Covid após baixa adesão

Itaguaí intensifica campanha de vacinação infantil contra a Covid após baixa adesão

Nos dois primeiros dias de imunização foram aplicadas apenas 158 doses, número bem abaixo da expectativa

Devido à baixa adesão relativa à vacinação infantil nos dois primeiros dias, técnicos da Prefeitura de Itaguaí decidiram intensificar a campanha de imunização contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos no município. Na quarta-feira (19), os pequenos que chegavam à Vigilância em Saúde, no Centro, tinham uma recepção especial: os personagens da Luna, Cebolinha e Mônica estavam todos lá. No primeiro dia de imunização, 18 de janeiro, o município vacinou 48 crianças, número bem abaixo do esperado. Já na quarta-feira, o número foi um pouco maior: 110 aplicações.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, nas unidades os agentes conversam e convocam pais para ajudar a disseminar com amigos e parentes a importância da vacinação. Assim como foi feito na imunização de adultos, nesta fase com as crianças, são 18 os postos que fazem as aplicações. Cada unidade recebeu 40 doses e o atendimento ocorre mediante senha e após a conferência de documentos.

MÃES PRÓ-VACINA

Moradora do Parque Paraíso e mãe do pequeno Diego, de 11 anos, Andreia Gonçalves diz que confia na vacina e na ciência: “Eu quero que ele tenha saúde, fique sempre bem. A vacina é essencial, as doenças estão vindo com força. Crescemos sabendo que vacinas sempre foram eficazes, tenho consciência. Como eu também tomei, o meu filho tomou”, diz ela.

Ana Paula Mota, moradora de Vila Ibirapitanga e mãe de Gabriel Mota, de 10 anos, engrossa o coro pró-vacina: “Desde o começo da vacinação, ele estava ansioso. Sempre teve medo de vacina. Perdemos muitas pessoas e amigos próximos. Viemos logo cedo para garantir a vacina. Espero que todas as crianças se vacinem”.

Termo de consentimento

A pasta da Saúde informa que, inicialmente, 830 doses foram liberadas na segunda-feira (17), 120 delas destinadas a acamados e institucionalizados. Antes da aplicação da vacina, será preciso que os pais ou responsáveis assinem um termo de consentimento. O documento é obrigatório e pode ser preenchido na hora.

A secretaria esclarece ainda que será preciso cópia de RG do responsável e da criança. Também será necessário levar CPF ou cartão do SUS, além da caderneta de vacina do menor.

Veja mais de:
Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!