terça-feira, outubro 26, 2021
InícioItaguaíItaguaí ganha Plano de Retomada da Economia

Itaguaí ganha Plano de Retomada da Economia

As transformações impostas ao comércio, a partir das obrigações determinadas pelas autoridades, na tentativa de minimizar os efeitos da propagação da pandemia do coronavírus, desde cedo mereceram críticas de lojistas e comerciantes em todos os cantos do país. Na região, a Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Itaguaí (Aciapi) passou das observações à prática, com a publicação de um caderno com uma série de propostas destinadas a estimular a retomada das atividades econômicas na cidade. “As liberações defendidas em nosso documento vêm sempre buscando a segurança com a saúde dos cidadãos e o bom senso diante da pandemia”, defende Tadashi Tani, presidente da Aciapi e idealizador do plano de retomada da economia.

O documento lançado pela Aciapi propõe a retomada das atividades do comércio de forma gradual, o mais

As transformações impostas ao comércio, a partir das obrigações determinadas pelas autoridades, na tentativa de minimizar os efeitos da propagação da pandemia do coronavírus, desde cedo mereceram críticas de lojistas e comerciantes em todos os cantos do país. Na região, a Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Itaguaí (Aciapi) passou das observações à prática, com a publicação de um caderno com uma série de propostas destinadas a estimular a retomada das atividades econômicas na cidade. “As liberações defendidas em nosso documento vêm sempre buscando a segurança com a saúde dos cidadãos e o bom senso diante da pandemia”, defende Tadashi Tani, presidente da Aciapi e idealizador do plano de retomada da economia.

O documento lançado pela Aciapi propõe a retomada das atividades do comércio de forma gradual, o mais breve possível, respeitados os requisitos de saúde pública e o  controle da epidemia da covid-19. O texto contém um conjunto de regras orientando o cidadão desde a sua saída de casa para o trabalho até o retorno. No caso das empresas, a ideia é mostrar cuidados imprescindíveis para garantir a segurança de seus colaboradores e eventuais clientes, a partir de várias providências sanitárias, incluindo tópicos como protocolo de distanciamento social no trabalho, treinamento de funcionários, limpeza e desinfecção de locais sujeitos à presença do vírus, monitoramento das condições de saúde das equipes e cuidados com as instalações de cada estabelecimento comercial.

Ao mesmo tempo em que se preocupou com as orientações ao comércio em geral, numa estratégia para evitar o alastramento da pandemia, a Aciapi buscou também um diálogo com o poder público no sentido de sensibilizá-lo em relação à necessidade que os comerciantes têm de retomar suas atividades para diminuir os riscos de insolvência diante da crise. Assim, cada um dos tópicos constantes no documento cuidou de deixar claros os cuidados a serem adotados para que as relações entre fornecedores e consumidores obedeçam a padrões de segurança capazes de conter a propagação do coconavírus. Ao Atual, o presidente Tadashi Tani falou sobre a boa receptividade do documento junto ao governo. “Através de diálogos construtivos e bom senso, com a segurança do cidadão, a Prefeitura Municipal de Itaguaí e a Aciapi vêm gradativamente liberando atividades econômicas essenciais”, comemora.

“As liberações defendidas em nosso documento vêm sempre buscando a segurança com a saúde dos cidadãos e o bom senso diante da pandemia. As ações colaborativas da Aciapi junto à Prefeitura Municipal de Itaguaí vêm proporcionando a retomada gradativa das atividades econômicas da cidade, evidenciando uma ação construtiva das duas instituições”

Tadashi Tani

Presidente da Aciapi

Integração e avanço na flexibilização das atividades

Tadashi Tani cita como exemplo do êxito do diálogo com o poder público a publicação de um decreto ampliando a permissão de funcionamento para uma série de estabelecimentos comerciais anteriormente incluídos na relação dos que deveriam permanecer fechados por um prazo indeterminado. O mais recente decreto a que se refere o presidente da Aciapi autorizou o funcionamento de seis novos tipos de negócio, o que representa a reabertura de dezenas de pontos de venda na cidade. “As ações colaborativas do presidente da Aciapi junto à Prefeitura Municipal de Itaguaí vêm proporcionando a retomada gradativa das atividades econômicas da cidade, evidenciando uma ação construtiva das duas instituições”, anima-se Tadashi Tani.

Lembrando que cabe às autoridades públicas locais a decisão da retomada das atividades gerais, o presidente da Aciapi enfatiza que é necessário aproveitar o final do período da quarentena para terminar de organizar dados e planos, identificar a população de maior risco, reforçar o sistema de saúde, expandir a capacidade de realizar testes para a covid-19, expandir o número de leitos e garantir a disponibilidade de equipamentos de proteção individual. “No momento da flexibilização, é importante ter

segurança de que o sistema de saúde estará pronto para o combate ao vírus”, conclui.

Novas atividades permitidas

– Materiais de construção

– Lojas de conveniência (somente nas vias federais)

– Lojas de venda de peças para automóveis

– Clínicas médicas

– Consultórios médicos (excluindo dentários)

– Óticas

NOVO DECRETO: abertura de seis novos ramos de estabelecimentos comerciais (FOTO REPRODUÇÃO)
Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!