quinta-feira, dezembro 9, 2021
InícioSem categoriaISP divulga dados sobre crime de LGBTfobia

ISP divulga dados sobre crime de LGBTfobia

DADOS

O Instituto de Segurança Pública (ISP) lançou na manhã de ontem (10)  a primeira edição do Dossiê LGBT+. O estudo, inédito na área de Segurança Pública no Brasil, busca compreender a violência motivada por LGBTfobia no estado do Rio de Janeiro.

De acordo com as informações do Dossiê, em 2017, 431 pessoas registraram crimes motivados por LGBTfobia nas delegacias do estado, ou seja, uma vítima por dia. Mais da metade dessas vítimas (55%) conhecia os autores da violência, 43,4% desses crimes ocorreram dentro de casa e jovens de 18 a 29 anos somam mais de 40% das vítimas de LGBTfobia.

Dentre as violências sofridas, a violência moral correspondeu a mais da metade (51,4%), seguida da violência física e psicológica, ambas com 22,7%. A maior parte das vítimas era do sexo masculino (59,6%) e da cor branca (54,8%).

DADOS

O Instituto de Segurança Pública (ISP) lançou na manhã de ontem (10)  a primeira edição do Dossiê LGBT+. O estudo, inédito na área de Segurança Pública no Brasil, busca compreender a violência motivada por LGBTfobia no estado do Rio de Janeiro.

De acordo com as informações do Dossiê, em 2017, 431 pessoas registraram crimes motivados por LGBTfobia nas delegacias do estado, ou seja, uma vítima por dia. Mais da metade dessas vítimas (55%) conhecia os autores da violência, 43,4% desses crimes ocorreram dentro de casa e jovens de 18 a 29 anos somam mais de 40% das vítimas de LGBTfobia.

Dentre as violências sofridas, a violência moral correspondeu a mais da metade (51,4%), seguida da violência física e psicológica, ambas com 22,7%. A maior parte das vítimas era do sexo masculino (59,6%) e da cor branca (54,8%).

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!