quarta-feira, outubro 27, 2021
InícioItaguaíImigração Japonesa é celebrada em Mazomba

Imigração Japonesa é celebrada em Mazomba

Um sábado de muita história e celebração
Foi assim o último dia 20 de outubro, na Praça de Mazombinha, com a 8ª edição do Projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos. A ação tem o patrocínio da Vale e do Ministério da Cultura. O evento levou para a região diversas oficinas gratuitas, atrações musicais e outras atividades que lembraram a imigração japonesa na cidade.

A abertura do evento foi feita com um cortejo cultural composto de artistas do Teatro Despertando e da Turma em Cena. Para complementar,  estandartes dos oito temas celebrados nas edições do projeto e a apresentação do grupo Rio Nikkei Taiko, com instrumentos de percussão japonesa. Logo após o cortejo, foi iniciada uma cerimônia religiosa com um monge budista do templo localizado em Itaguaí. A programação ainda contou com a apresentação da Corporação Musical Ma

Um sábado de muita história e celebração

Foi assim o último dia 20 de outubro, na Praça de Mazombinha, com a 8ª edição do Projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos. A ação tem o patrocínio da Vale e do Ministério da Cultura. O evento levou para a região diversas oficinas gratuitas, atrações musicais e outras atividades que lembraram a imigração japonesa na cidade.

A abertura do evento foi feita com um cortejo cultural composto de artistas do Teatro Despertando e da Turma em Cena. Para complementar,  estandartes dos oito temas celebrados nas edições do projeto e a apresentação do grupo Rio Nikkei Taiko, com instrumentos de percussão japonesa. Logo após o cortejo, foi iniciada uma cerimônia religiosa com um monge budista do templo localizado em Itaguaí. A programação ainda contou com a apresentação da Corporação Musical Maestro Ilson de Lima (Commil), do Instituto de Dança de Itaguaí, da equipe de Karatê Gojou Ryu – Nil Rocha e da banda Amaterasu. Além disso, se apresentaram as moradoras de Itaguaí que já participaram do concurso Miss Nikkei RJ, coordenado pelo itaguaiense Kazuhiro Issobe. O concurso elege a descendente mais bonita do Estado e que, principalmente, incentiva a cultura japonesa.

A região de Mazomba foi escolhida para receber o tema “A Imigração Japonesa”. Isso foi devido a história de centenas de japoneses que há 70 anos ocuparam a cidade, fazendo de Itaguaí a maior colônia japonesa do estado do Rio de Janeiro até hoje. No bairro, diversas famílias de descendentes japoneses fomentam a produção alimentícia com a agricultura.

200 anos

Itaguaí completou 200 anos de emancipação no dia 5 de julho. No entanto, até dezembro, diversas atividades culturais temáticas acontecem em pontos do município mensalmente. Cada uma comemora um tema ligado ao bicentenário. As edições anteriores já celebram os temas “Os Índios”, “Os Jesuítas”, ‘O Engenho de Açúcar do Facão”, “O Nascimento da Cidade”, “O Príncipe Regente”, “Os Africanos” e “A República”. As ações também acontecem nas escolas da cidade. Nessa ocasião, a equipe do projeto entrega uma cartilha contando a história da cidade. Além disso, realizam atividades circenses como perna de pau e tecido acrobático, apresentações de poesias e música.

Confira os próximos locais que vão receber as atividades culturais de comemoração dos 200 anos de Itaguaí:

Novembro – Tema: “Os Dias de Hoje” – Largo da Igreja de São Pedro – Ilha da Madeira

Dezembro – Encerramento do Projeto – Praça das Artes – Centro

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!