terça-feira, novembro 30, 2021
InícioItaguaíFórum de Fornecedores é tema de encontro em Mangaratiba

Fórum de Fornecedores é tema de encontro em Mangaratiba

Iniciativa teve como objetivo promover capacitação para os empresários e fornecedores da cidade A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Mangaratiba realizou, na terça-feira (3), um encontro com representantes das secretarias de Fazenda, Transporte, Agricultura e Pesca, Planejamento, Administração e Suprimentos, e a de Turismo, Cultura, Eventos, Esporte e Lazer, além do Sebrae- RJ, comerciantes e Fecomércio para discutir a criação de um Fórum de Fornecedores de Mangaratiba, para promover capacitação aos empresários e fornecedores da cidade. Representantes do Instituto José Miguel, e da Ouvidoria também participaram do encontro. Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Pedro Lemelle, este é o primeiro passo de muitos que ainda estão por vir. “É uma grande ferramenta. E para

Iniciativa teve como objetivo promover capacitação para os empresários e fornecedores da cidade

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Mangaratiba realizou, na terça-feira (3), um encontro com representantes das secretarias de Fazenda, Transporte, Agricultura e Pesca, Planejamento, Administração e Suprimentos, e a de Turismo, Cultura, Eventos, Esporte e Lazer, além do Sebrae- RJ, comerciantes e Fecomércio para discutir a criação de um Fórum de Fornecedores de Mangaratiba, para promover capacitação aos empresários e fornecedores da cidade.

Representantes do Instituto José Miguel, e da Ouvidoria também participaram do encontro. Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Pedro Lemelle, este é o primeiro passo de muitos que ainda estão por vir. “É uma grande ferramenta. E para isso tudo acontecer efetivamente, a gente precisa também do engajamento de todo o corpo de empresariado de Mangaratiba, para que eles se conscientizem da importância dessa qualificação e do tamanho da oportunidade que está sendo criada para que eles consigam impulsionar os seus negócios”, disse.

“Muitas vezes os pequenos empresários não se sentem preparados para atender as necessidades e os requisitos de uma grande empresa que sabe da importância e quer contribuir com o desenvolvimento local. E está disposta a comprar sim dos pequenos negócios, que tem que estar preparados para atender esses requisitos”, disse o coordenador de polos competitivos do Sebrae, Wilton Vitório .

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!