FMP abre duas exposições de arte em Mangaratiba nesta sexta (1) e sábado (2)

A Fundação Mário Peixoto (FMP) está prestes a contagiar a cena cultural de Mangaratiba com a apresentação de duas ​​exposições de arte, programadas para acontecerem na sexta-feira, dia 1 de setembro, e no sábado, dia 2 de setembro. Essa iniciativa cultural será sediada no Centro Cultural Frei Afonso Jorge Braga, localizado Avenida das Nações Unidas/ Sn, em Muriqui, e também no renomado Museu Municipal, situado na Rua Coronel Moreira da Silva 173, no Centro de Mangaratiba.

Abrindo a programação na sexta-feira, 1º de setembro, a partir das 18h, o Centro Cultural Frei Afonso Jorge Braga será palco para a exibição intitulada ‘Alma Amazonense’, uma expressiva coleção de obras do renomado artista Urubatan Oliveira. A mostra promete imergir os visitantes em um universo artístico único, marcado pela riqueza das representações da Amazônia, explorando núcleos, formas e texturas que remetem à rica biodiversidade da região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
A mostra ‘Coisas do Brasil e outras histórias’, da artista Antonia Philippsen Boaventura, inicia no sábado (2), às 15h, no Centro de Mangaratiba

No dia seguinte, no sábado, 2 de setembro, a atenção se volta para o Museu Municipal de Mangaratiba, conhecido como Solar Barão do Sahy, onde terá início, a partir das 15h, a exibição da aguardada mostra ‘Coisas do Brasil e outras histórias’, assinada pela talentosa artista Antonia Philippsen Boaventura. Através de suas criações, um artista mergulha nas nuances culturais e históricas do Brasil, trazendo à tona narrativas únicas que evocam a identidade e a diversidade do país.

MAIS SOBRE OS ARTISTAS

Urubatan Oliveira Nunes, é natural de Porto Velho, Rondônia. Atualmente reside na Praia da Brisa, Pedra de Guaratiba. Artista plástico e escultor reconhecido internacionalmente, Urubatan fez diversas exposições individuais e coletivas, além de inúmeras restaurações. A questão ecológica está sempre presente no trabalho do artista.

A artista plástica, Antonia Philippsen Boaventura é brasiliense, radicada em Campo Grande, no Rio de Janeiro. Desempenha ainda o papel de produtora cultural e curadora do Museu de Arte Sacra e Popular da Igreja Matriz Nossa Senhora do Desterro Campo Grande. Tem no currículo várias exposições individuais e coletivas de sucesso no Rio de Janeiro e em outros estados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
/* */