terça-feira, outubro 19, 2021
InícioItaguaíFestival propõe apoio a artistas autônomos durante quarentena

Festival propõe apoio a artistas autônomos durante quarentena

Em tempos de pandemia, surge uma boa oportunidade para músicos, bailarinos, atores, poetas, humoristas e afins, que viviam em função da arte em suas comunidades, bairros e cidades, e tiveram suas atividades impactadas pela obrigatória quarentena determinada pelas autoridades. A novidade vem sob a forma do Festival UP!, iniciativa que une a Mineradora Vale e o Instituto Ekloos, pioneiro no Brasil em aceleração social. A ideia oferece oportunidades para mais de mil artistas em todo o Brasil, com apresentações remuneradas de música, teatro, dança, literatura e humor.
O objetivo do Festival UP! é apoiar os artistas que de uma hora para outra tiveram vetado o acesso aos seus palcos, ficando sem a fonte de uma renda garantida pelas suas performances. Através da iniciativa, eles serão remunerados pela criação de conteúdos em vídeo, que vão servir

Em tempos de pandemia, surge uma boa oportunidade para músicos, bailarinos, atores, poetas, humoristas e afins, que viviam em função da arte em suas comunidades, bairros e cidades, e tiveram suas atividades impactadas pela obrigatória quarentena determinada pelas autoridades. A novidade vem sob a forma do Festival UP!, iniciativa que une a Mineradora Vale e o Instituto Ekloos, pioneiro no Brasil em aceleração social. A ideia oferece oportunidades para mais de mil artistas em todo o Brasil, com apresentações remuneradas de música, teatro, dança, literatura e humor.
O objetivo do Festival UP! é apoiar os artistas que de uma hora para outra tiveram vetado o acesso aos seus palcos, ficando sem a fonte de uma renda garantida pelas suas performances. Através da iniciativa, eles serão remunerados pela criação de conteúdos em vídeo, que vão servir de entretenimento para o público em geral, numa junção do digital com a cultura e com o social, segundo os organizadores. “Artistas reconhecidos têm aproveitado esta época de isolamento social para oferecer performances ao vivo a seus fãs de forma gratuita, com milhões de visualizações em todo o país. Por que não dar visibilidade também para os artistas independentes, que ainda por cima precisam de recursos financeiros para sobreviver durante esta crise?”, afirma Andréa Gomides, presidente do Instituto Ekloos.

Para cada vídeo aprovado, o artista receberá um cachê de R$ 300,00. Através da iniciativa, eles serão remunerados pela criação de conteúdos em vídeo, que vão servir de entretenimento para o público em geral, numa junção do digital com a cultura e com o social

O Festival UP! está no ar desde o domingo (19). Os organizadores informam que haverá atualizações todos os dias, possibilitando que o público se divirta, comente e compartilhe novidades na área artística. “Nosso olhar ao patrocinar o Festival UP! foi direcionado aos artistas autônomos e independentes investindo em oportunidades de visibilidade às suas produções e fomentando as manifestações culturais brasileiras. Há duas décadas, a Vale investe em cultura no nosso país e neste momento precisamos nos unir e continuar apoiando o setor cultural”, comenta Christiana Saldanha, gerente de Patrocínios da Vale.
Serão cinco áreas: Música, Teatro, Dança, Literatura e Humor. Para cada uma delas basta que, os artistas publiquem conteúdos próprios no YouTube e, em seguida, façam a inscrição pela plataforma www.festivalup.org. Os curadores definirão se o conteúdo está apto a participar do festival. Para cada vídeo aprovado, o artista receberá um cachê de R$ 300,00. Artistas já conhecidos do público e que queiram apoiar o festival podem enviar seu material de forma voluntária e gratuita. O UP! ficará disponível até o dia 13 de julho, às 23h59, no horário de Brasília.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!