sábado, outubro 23, 2021
InícioSem categoriaDigão analisa empate com o Nacional pela Sul-Americana

Digão analisa empate com o Nacional pela Sul-Americana

GOSTO AMARGO
Após o empate em 1 a 1 com o Nacional, do Uruguai, o zagueiro Digão analisou a partida de quarta-feira (24), no Nilton Santos. Para o atleta, o Fluminense precisa chegar forte no jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana para surpreender o adversário e voltar com a classificação.

“Mesmo com todas as dificuldades extracampo, temos mostrado que temos um grupo bom, apesar de muito jovem, temos um grupo muito forte psicologicamente. Tenho certeza que vamos reverter esse resultado, vamos fazer um grande jogo lá e buscar a classificação”,  comentou Digão, lamentando o gol uruguaio no fim da partida. “Fica um gosto amargo, ainda mais por ser um fundamento que trabalhamos bastante. Estávamos bem posicionados, mas levamos o gol. Do outro lado também tem onze jogadores que querem ganhar o jogo, o Nacional é um time exper

GOSTO AMARGO

Após o empate em 1 a 1 com o Nacional, do Uruguai, o zagueiro Digão analisou a partida de quarta-feira (24), no Nilton Santos. Para o atleta, o Fluminense precisa chegar forte no jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana para surpreender o adversário e voltar com a classificação.

“Mesmo com todas as dificuldades extracampo, temos mostrado que temos um grupo bom, apesar de muito jovem, temos um grupo muito forte psicologicamente. Tenho certeza que vamos reverter esse resultado, vamos fazer um grande jogo lá e buscar a classificação”,  comentou Digão, lamentando o gol uruguaio no fim da partida. “Fica um gosto amargo, ainda mais por ser um fundamento que trabalhamos bastante. Estávamos bem posicionados, mas levamos o gol. Do outro lado também tem onze jogadores que querem ganhar o jogo, o Nacional é um time experiente, equipe uruguaia é pegada.  Agora é esquecer e trabalhar para não acontecer novamente”, explicou.

O zagueiro também ressaltou a importância de chegar forte na casa do adversário para voltar com a classificação. “Difícil mencionar o que faltou, mas não vamos lamentar, não vamos baixar a guarda porque quarta-feira que vem já tem mais jogo, vai ser uma pedreira, mas a gente vai brigar até o final para trazer a classificação para o Fluminense”, destacou, avaliando ainda a possibilidade do Tricolor entrar em campo com time alternativo no Campeonato Brasileiro. “Independente da competição, vamos sempre entrar para ganhar os jogos. Essa parte de alterar os jogadores é importante, porque o calendário é muito intenso, muitos jogos, mas fica para o professor optar quem vai jogar. Quem entrar em campo, vai estar preparado”,  finalizou o zagueiro. (Fonte: site oficial do clube).

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!