sexta-feira, dezembro 3, 2021
InícioSem categoriaAtleta de Itaguaí busca patrocínio para participar de campeonatos de Jiu-Jitsu

Atleta de Itaguaí busca patrocínio para participar de campeonatos de Jiu-Jitsu

A pequena Maria Pitbull precisa de apoio para representar o município no Internacional Challenger, que será realizado no dia 31, em São Paulo Uma das maiores dificuldades para quem busca ser um atleta profissional de Jiu-Jitsu é conseguir um bom patrocínio. Com os altos custos para lutar,campeonatos, tratamentos médicos, materiais esportivos e suplementação, muitos praticantes desistem deste sonho por falta de incentivo e apoio. Mesmo com o desenvolvimento do esporte, ainda é um grande desafio ter um patrocinador no Brasil quando comparado a outros países. A pequena Maria Clara Botelho, de 7 anos, a Maria Pitbull, apesar da pouca idade, sabe muito bem como é isso. Ela é mais uma atleta de Itaguaí, que através do Jiu-Jitsu na Academia Gracie  Barra de Itaguaí, do mestre Fábio Freitas, tem o sonho de ir mais longe, mas se esbarra n

A pequena Maria Pitbull precisa de apoio para representar o município no Internacional Challenger, que será realizado no dia 31, em São Paulo

Uma das maiores dificuldades para quem busca ser um atleta profissional de Jiu-Jitsu é conseguir um bom patrocínio. Com os altos custos para lutar,campeonatos, tratamentos médicos, materiais esportivos e suplementação, muitos praticantes desistem deste sonho por falta de incentivo e apoio. Mesmo com o desenvolvimento do esporte, ainda é um grande desafio ter um patrocinador no Brasil quando comparado a outros países.

A pequena Maria Clara Botelho, de 7 anos, a Maria Pitbull, apesar da pouca idade, sabe muito bem como é isso. Ela é mais uma atleta de Itaguaí, que através do Jiu-Jitsu na Academia Gracie  Barra de Itaguaí, do mestre Fábio Freitas, tem o sonho de ir mais longe, mas se esbarra na falta de patrocínio. Mas para concretizar esse sonho, a família da atleta está correndo atrás de apoio de empresários, já que no dia 31 de março, Maria Pitbull vai representar a cidade no Internacional Challenger de Jiu-Jitsu, que será realizado no município de Itapecerica da Serra, em São Paulo.

De acordo com pai da pequena lutadora, Carlos Eduardo, as despesas para a participação dos campeonatos são altas. Segundo ele, só para participar da competição em São Paulo, no dia 31, o custo é de R$ 1.126,00. “Só a inscrição custa R$ 110, transporte até o município paulista, mais combustível e pedágio fica em R$ 736, 00 e a estadia R$ 280 (diária com café da manhã). Isso só nessa competição, pois a Maria Pitbull tem eventos até o fim do ano para participar”, explicou o pai da atleta.

Atleta faixa cinza, que se divide entre  os treinos e os estudos, já coleciona vários títulos na sua categoria, sua última participação foi no Brasil Open, realizado em fevereiro, na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, onde conquistou a medalha de ouro. Dentre os títulos conquistados por Maria Pitbull estão: o Brasil Open 2018 e 2019, a Copa América de Verão 2018 e 2019, o Pan-Americano 2017; o Sul-Americano 2107 e 2018, o Rio Challenger 2017 e 2018, o vice-campeonato mundial 2018, além de campeã geral da faixa cinza, na categoria de 6 a 7 ano. Maria Pitbull também foi premiada com o cinturão de líder do ranking como a melhor faixa cinza em todos os pesos.

Quem quiser patrocinar ou ajudar com uma pequena doação em dinheiro, à pequena atleta, basta ligar para (21) 99542-2048 (falar com Carlos Eduardo).

WELINGTON CAMPOS

welington.campos@jornalatual.com.br

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!