quinta-feira, dezembro 9, 2021
InícioItaguaíRestauração do cruzeiro de pedra chega à fase final

Restauração do cruzeiro de pedra chega à fase final

Monumento recebe a base da cruz, calçada é recuperada e novo quebra-molas vai ligar a cruz à Igreja de Nossa Senhora da Guia, em Mangaratiba A Prefeitura de Mangaratiba começou esta semana a construção de um quebra-molas para facilitar o acesso dos pedestres ao cruzeiro de pedra, que está em fase final de restauração. A lombada será alongada e faz parte do projeto urbanístico do monumento que fica em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Guia. Para executar o serviço o departamento de trânsito desviou o trajeto de veículos na Rua Coronel Moreira da Silva, em frente à Praça Robert Simões. De acordo com a Secretaria de Obras, o serviço para a construção do quebra-molas vai ser finalizado ainda esta semana. A calçada que abriga o Cruzeiro de Pedra também passa por reforma. O local foi fechado com placas para evitar incidentes a

Monumento recebe a base da cruz, calçada é recuperada e novo quebra-molas vai ligar a cruz à Igreja de Nossa Senhora da Guia, em Mangaratiba

A Prefeitura de Mangaratiba começou esta semana a construção de um quebra-molas para facilitar o acesso dos pedestres ao cruzeiro de pedra, que está em fase final de restauração. A lombada será alongada e faz parte do projeto urbanístico do monumento que fica em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Guia. Para executar o serviço o departamento de trânsito desviou o trajeto de veículos na Rua Coronel Moreira da Silva, em frente à Praça Robert Simões.

De acordo com a Secretaria de Obras, o serviço para a construção do quebra-molas vai ser finalizado ainda esta semana. A calçada que abriga o Cruzeiro de Pedra também passa por reforma. O local foi fechado com placas para evitar incidentes a pedestres e motoristas. Já o monumento recebeu mais uma parte da base e aguarda a fixação para poder contar com as demais partes da cruz.

 “Esse monumento representa muito para a nossa cidade e para os católicos. É a padroeira do município. O espaço merecia uma atenção especial após ir ao chão e se despedaçar. Estamos reerguendo uma parte da história de Mangaratiba junto com um projeto urbanístico. Essa lombada ligará os fiéis direto da igreja ao marco, principalmente com acessibilidade para aqueles que têm algum tipo de deficiência. O pequeno transtorno do trânsito é necessário, mas, em breve, as obras serão finalizadas”, disse o prefeito Alan Costa, o Alan Bombeiro.

A CRUZ DE GRANITO

De acordo com informações históricas do padre Galdino Canova, o marco é parte integrante do conjunto da Matriz e da praça de Nossa Senhora da Guia e trata- se provavelmente da cruz cemiterial, pois até o ano de 1837 o cemitério circundava a Matriz. A Cruz foi trazida de Portugal no ano de 1700. Bem majestosa e possante, ela abre os seus braços sobre a quadrangular de quatro degraus, alguma inscrição no pedestal e os braços terminam de forma trilobada.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!