sábado, outubro 23, 2021
InícioItaguaíPorto de Itaguaí completa de 39 anos

Porto de Itaguaí completa de 39 anos

Porto celebra aniversário como um dos principais polos do país na exportação de minério de ferro e de movimentação de contêineres

CELEBRAÇÃO  Inaugurado no dia 7 maio de 1982, o Porto de Itaguaí completou 39 anos de existência na sexta-feira (7). Consolidado como o porto público que mais movimenta minério de ferro no Brasil, o Porto de Itaguaí possui um terminal Sepetiba Tecon que oferece as melhores condições de calado da costa leste da América do Sul, podendo receber navios de até 367 metros, em manobra especial.

De acordo com a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), responsável pela administração do porto, no ano passado, o terminal da CPBS da Vale voltou a operar e o Canal Norte da Ilha das Cabras foi reativado. Tudo isso, aliado aos investimentos da CDRJ para a melhoria da infraestrutura terrestre e aquaviária, gera expec

Porto celebra aniversário como um dos principais polos do país na exportação de minério de ferro e de movimentação de contêineres

CELEBRAÇÃO  Inaugurado no dia 7 maio de 1982, o Porto de Itaguaí completou 39 anos de existência na sexta-feira (7). Consolidado como o porto público que mais movimenta minério de ferro no Brasil, o Porto de Itaguaí possui um terminal Sepetiba Tecon que oferece as melhores condições de calado da costa leste da América do Sul, podendo receber navios de até 367 metros, em manobra especial.

De acordo com a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), responsável pela administração do porto, no ano passado, o terminal da CPBS da Vale voltou a operar e o Canal Norte da Ilha das Cabras foi reativado. Tudo isso, aliado aos investimentos da CDRJ para a melhoria da infraestrutura terrestre e aquaviária, gera expectativa de novas linhas e crescimento na movimentação.

Os modernos terminais especializados do Porto de Itaguaí o tornam um dos principais polos de exportação de minério do país. O porto se destaca também pelos sucessivos incrementos registrados na movimentação de contêineres, demonstrando que o mesmo desfruta de notórias condições para assumir o papel de grande canal de escoamento da economia brasileira e principal porto concentrador de cargas do Mercosul.

Figuram em seus planos de desenvolvimento a formação de parcerias público-privadas (PPPs) visando à instalação de novos terminais de carga, descarga e tancagem de granéis sólidos e líquidos, área de apoio intermodal e Truck Center, e também de distrito industrial naval.

 

PORTO DE ITAGUAÍ

Em 1973, o governo do então Estado da Guanabara promoveu estudos para a implantação do Porto de Sepetiba, com o objetivo principal de atender ao complexo industrial de Santa Cruz, situado na região Oeste do Rio de Janeiro. Com a fusão dos Estados da Guanabara e do Rio de Janeiro, em 15 de março de 1975, a implantação do porto ficou a cargo da CDRJ, que escolheu o município de Itaguaí para a sede das instalações.

As obras foram iniciadas em 1976, com a execução de acessos e fundações do píer de carvão. Em 1977, foram realizadas as obras de dragagem do canal de acesso, de fundamento e aterro hidráulico. A inauguração do porto ocorreu em 7 de maio de 1982. Em 2005, pela Lei Federal nº 11.200/2005, o Porto de Sepetiba teve sua designação alterada para Porto de Itaguaí.

Desde então, o Porto de Itaguaí mostrou-se com grande aptidão para a movimentação de granéis e carga geral, graças aos efeitos do pujante parque siderúrgico com as excepcionais condições locais de integração aos modais de transporte rodoviário e ferroviário.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!