domingo, outubro 24, 2021
InícioItaguaíParceria firmada em prol da Ilha dos Gatos

Parceria firmada em prol da Ilha dos Gatos

Prefeitura de Mangaratiba, Governo do Estado e Marinha do Brasil juntos na proteção e no controle populacional de felinos na Ilha Furtada

 

INICIATIVA A Prefeitura de Mangaratiba e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, firmaram nesta quarta-feira (28), uma parceria inédita para fazer o controle populacional de felinos na Ilha Furtada, conhecida como Ilha dos Gatos. O projeto irá contemplar o monitoramento 24 horas do local, atenção permanente a saúde dos animais e a adoção de estratégias para proibir novos casos de abandono, entre outros investimentos.

De acordo com a prefeitura, a ideia do projeto, que vai envolver o Governo do Estado, a Marinha do Brasil, e as Secretarias Municipais de Saúde e Meio Ambiente, é que seja criado um acordo de cooperação entre os órgãos, bem como, u

Prefeitura de Mangaratiba, Governo do Estado e Marinha do Brasil juntos na proteção e no controle populacional de felinos na Ilha Furtada

 

INICIATIVA A Prefeitura de Mangaratiba e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, firmaram nesta quarta-feira (28), uma parceria inédita para fazer o controle populacional de felinos na Ilha Furtada, conhecida como Ilha dos Gatos. O projeto irá contemplar o monitoramento 24 horas do local, atenção permanente a saúde dos animais e a adoção de estratégias para proibir novos casos de abandono, entre outros investimentos.

De acordo com a prefeitura, a ideia do projeto, que vai envolver o Governo do Estado, a Marinha do Brasil, e as Secretarias Municipais de Saúde e Meio Ambiente, é que seja criado um acordo de cooperação entre os órgãos, bem como, um grupo permanente de trabalho, que terá como foco solucionar os problemas acarretados pela superpopulação de gatos que vivem na ilha.

O primeiro passo do trabalho será a realização de um diagnóstico completo da Ilha que deve constar, entre outros dados técnicos, o total de felinos que vivem no local, os impactos trazidos por eles a fauna, flora e demais ecossistemas, os riscos aos quais esses animais são submetidos e se é possível a remoção deles do local, já que a maioria é selvagem e sem condições de interação com humanos.

A secretária de Saúde de Mangaratiba, Sandra Castelo Branco, disse que os poderes precisam se unir para solucionar a demanda da Ilha dos Gatos. “A situação a qual esses animais estão submetidos é grave. Estamos lidando com um risco a saúde pública e ao meio ambiente. Os poderes precisam estar juntos e encontrar uma solução definitiva para esses animais. Não adianta fazermos a castração e devolvermos esses gatos para a Ilha. Lá eles não possuem condições de sobrevivência e cada vez mais, registramos flagrantes de abandono”, explicou.

O secretário de Meio Ambiente de Mangaratiba, AntonioMarcos Barreto, também falou sobre a importância do projeto. “Cuidar dos animais dessa Ilha é uma preocupação constante do governo Alan Bombeiro. Fazemos atuações no local, já instalamos bebedouros e comedouros em parceria com projetos da causa animal, entre outras ações. Mas, a questão precisa ser solucionada de forma devida. A fauna e flora nativa estão em risco e esses animais também. Na ilha não há oferta de água potável ou fontes de alimento. Mas, tenho certeza que com a colaboração do Estado encontraremos o melhor caminho para uma solução efetiva e responsável”, destacou.

 

RECURSOS

O secretário de Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Marcelo Queiroz, disponibilizou a estrutura da secretaria de estado para viabilizar os recursos que vão permitir que seja feito o monitoramento da Ilha e o suporte às demais ações. “Vamos pedir o apoio do Ministério Público, ao governador e todos os órgãos ambientais que puderem nos ajudar. Precisamos tirar esse projeto do papel. Queremos monitorar a ilha forma permanente, estudar a melhor forma de fazer o controle populacional desses animais, ver a viabilidade de transferi-los para um local com condições adequadas de vida e punir quem pratica o abandono. Mais do que uma ação de defesa do direito animal, precisamos mudar comportamentos”, destacou.

 

PROGRAMA DE ADOÇÃO

A Prefeitura de Mangaratiba ressalta que a iniciativa também visa a promoção de ações de conscientização junto a população e um programa de adoção com os animais que tem condições de socialização.

Participaram da reunião o vice-prefeito, Chicão da Ilha, o secretário de Governo, Finanças e Planejamento, Luiz Cláudio Ribeiro, o secretário de Agricultura e Pesca, Roberto César Oliveira, a subsecretária de Meio Ambiente, Fernanda Porto, além de um representante da Marinha do Brasil.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!