terça-feira, outubro 26, 2021
InícioItaguaíNuclep se destaca no Congresso Internacional da Juventude Nuclear

Nuclep se destaca no Congresso Internacional da Juventude Nuclear

RELEVÂNCIA O gerente de Riscos e Conformidades da Nuclep, Gustavo Pereira é também engenheiro nuclear e diretor de Comunicação Externa da Young Generation Network (YGN), órgão ligado ao The Nuclear Institute. Em março deste ano, representando a empresa, ele apresentou no Congresso Internacional da Juventude Nuclear 2020, em Sidney, Austrália, o artigo “Análise de Remolhamento de um Combustível em Placas Planas Utilizando o Modelo de Parâmetros Concentrados Aperfeiçoado”, que desenvolveu junto ao Programa de Engenharia Nuclear do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O artigo observa a recuperação de refrigerante no núcleo de um reator após um acidente grave, como os de Chernobyl, na Ucrânia em 1986; e o de Fukushima, no Japão, há nove anos. O estudo expl

RELEVÂNCIA O gerente de Riscos e Conformidades da Nuclep, Gustavo Pereira é também engenheiro nuclear e diretor de Comunicação Externa da Young Generation Network (YGN), órgão ligado ao The Nuclear Institute. Em março deste ano, representando a empresa, ele apresentou no Congresso Internacional da Juventude Nuclear 2020, em Sidney, Austrália, o artigo “Análise de Remolhamento de um Combustível em Placas Planas Utilizando o Modelo de Parâmetros Concentrados Aperfeiçoado”, que desenvolveu junto ao Programa de Engenharia Nuclear do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O artigo observa a recuperação de refrigerante no núcleo de um reator após um acidente grave, como os de Chernobyl, na Ucrânia em 1986; e o de Fukushima, no Japão, há nove anos. O estudo explora ainda o uso de placas planas utilizadas em embarcações como porta-aviões e submarinos de propulsão nuclear, além de reatores de pesquisa que necessitem de alto fluxo neutrônico.

“O processo de financiamento foi extremamente rigoroso. Conseguimos a verba para apresentar o artigo e posteriormente, já no congresso, o estudo foi selecionado por um periódico bastante renomado na área,”

Para Gustavo, o evento contribui para projeção internacional da Nuclep e sua expertise diferenciada no setor nuclear. “O processo de financiamento foi extremamente rigoroso. Conseguimos a verba para apresentar o artigo e posteriormente, já no congresso, o estudo foi selecionado por um periódico bastante renomado na área, o Journal of Nuclear Engineering and Radiation (Periódico sobre engenharia nuclear e radiação da American Society of Mechanical Engineers – Asme) para se tornar um paper, um artigo científico mais elaborado e mais complexo”, destacou Gustavo.

Depois da divulgação do anúncio a empresa se pronunciou, afirmando que a Nuclep se orgulha de ser a única empresa do Brasil certificada com o selo Asme III, além de ser a única capacitada à manutenção e fabricação dos equipamentos nucleares mais estratégicos e importantes do país.

 

 

 

 

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!