segunda-feira, outubro 18, 2021
InícioItaguaíIncentivos à vista para estudantes de variados níveis

Incentivos à vista para estudantes de variados níveis

INICIATIVA
Desempenhando ações sociais, de orientações e assistencialismo e palestras em toda Costa Verde para contribuir com o desenvolvimento educacional de jovens e adultos, o Projeto Conhecimento, tem ajudado pessoas, que por falta de visão profissional e acadêmica, não possuem preparo específico para se desenvolverem como profissionais ou nas carreiras que desejam seguir.

As ações são desenvolvidas com o objetivo de dar assistência aos menos favorecidos, orientando e encaminhando jovens e adultos com condições para ingressarem no ensino superior e ensino técnico.   Antes de o projeto ganhar o formato atual, com dados comprovados de pessoas assistidas e orientadas, foram pelo menos mais de 6 mil jovens e adultos inseridos no ensino superior através das orientações oferecidas.

O Projeto Conhecimento oferece bolsas de estudos especiai

INICIATIVA

Desempenhando ações sociais, de orientações e assistencialismo e palestras em toda Costa Verde para contribuir com o desenvolvimento educacional de jovens e adultos, o Projeto Conhecimento, tem ajudado pessoas, que por falta de visão profissional e acadêmica, não possuem preparo específico para se desenvolverem como profissionais ou nas carreiras que desejam seguir.

As ações são desenvolvidas com o objetivo de dar assistência aos menos favorecidos, orientando e encaminhando jovens e adultos com condições para ingressarem no ensino superior e ensino técnico.   Antes de o projeto ganhar o formato atual, com dados comprovados de pessoas assistidas e orientadas, foram pelo menos mais de 6 mil jovens e adultos inseridos no ensino superior através das orientações oferecidas.

O Projeto Conhecimento oferece bolsas de estudos especiais para nível técnico e de graduação nas universidades Cândido Mendes, UniCBE, Conservatório Brasileiro de Música, Simonsen e Faculdade São Braz. Para o público que deseja obter uma bolsa de especial de estudo, basta estar atento às redes sociais do projeto, aos processos seletivos, ou ir até sua sede, na Rua General Olímpio, 181, em Santa Cruz (ao lado do Shopping de Santa Cruz no Colégio Apollo 12).

O idealizador do projeto é o professor Valdemar A. R. Neto, que é pós-graduado em docência do ensino superior e em gestão pública; atua como consultor da Universidade Cândido Mendes, do Conservatório Brasileiro de Música, do Centro Universitário UniCBE e das Faculdades Integradas Simonsen; além de ser gestor educacional da Faculdade São Braz nos polos do Rio de Janeiro e de pós-graduação em Itaguaí. “A educação vem passando por momentos difíceis desde a educação básica, onde não se tem visto empenho em melhorar a qualidade de ensino nas escolas públicas, professores desmotivados, alunos cada vez mais desinteressados por um curso técnico ou pela graduação”, ressalta.

Uma pesquisa publicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) de 2014, evidenciou que quase todos os professores que atuam na educação básica ganham em média R$ 3,5 mil, considerando sua formação e atuação profissional.

Segundo Valdemar, a valorização do professor é o princípio para uma educação de qualidade e incentivo de carreira e cidadania, “Um professor que é bem valorizado busca dar o seu melhor muito mais do que já faz, pois sabe que o seu trabalho está em constante valorização e crescimento”, acentua ele.

Para o professor Valdemar, a formação continuada dos professores da rede pública também é um fator importante para a evolução e crescimento do ensino, visto que estabelece novos conhecimentos e novos caminhos de aperfeiçoamento educacional. “Sem dúvida, precisamos urgentemente investir na educação das crianças, desde a creche até o ensino médio, pois serão essas etapas que delimitarão os caminhos para o ensino superior e a imersão do país na área científica e na ciência e educação, destaca o professor.

O PROFESSOR Valdemar Neto observa o trabalho de suas alunas de pedagogia em atividades com crianças

E educador defende ainda que é necessário investir em infraestrutura, em programas para erradicar o analfabetismo funcional e na educação especial inclusiva. “Isso é indispensável para o crescimento e comprometimento com a educação do Brasil e todos os seus respectivos estados e municípios”, finaliza.

Incentivos ampliados para a carreira

O Projeto Conhecimento visa também abranger a educação básica, promovendo ações sociais que integrem a sociedade civil e a educação, construindo parcerias e gerando incentivos à participação mais consciente do cidadão a educação básica e à carreira profissional.

O projeto funciona de segunda a sexta-feira de 9h às 20h, em toda a Costa Verde e Rio de Janeiro. Atende todas as pessoas que querem orientação ou bolsas especiais para cursos de ensino médio, pós- médio e nível superior.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!