quinta-feira, outubro 28, 2021
InícioItaguaíEstado inicia recenseamento a partir de novembro

Estado inicia recenseamento a partir de novembro

RECADASTRAMENTO
O Governo do Estado do Rio anunciou que vai realizar, a partir de novembro, o recenseamento obrigatório de todos os 455.570 servidores ativos, inativos e pensionistas. A ação inclui cargos comissionados, contratos temporários, funcionários de empresas, de autarquias e órgãos da Administração Indireta. O anúncio foi feito nesta terça-feira (30), durante uma coletiva na Secretaria de Fazenda e Planejamento do Estado do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ). Estavam presentes o secretário de Fazenda e Planejamento, Luiz Cláudio Gomes; o diretor-presidente do Rioprevidência, Reges Moisés; o subsecretário de Fazenda e Planejamento, Fábio Amaral; e o subsecretário de Gestão de Pessoas, Edson Teramatsu.

O projeto será coordenado pela Sefaz-RJ e pelo Rioprevidência. A atualização cadastral deverá ser feita sempre no mês de aniversário

RECADASTRAMENTO

O Governo do Estado do Rio anunciou que vai realizar, a partir de novembro, o recenseamento obrigatório de todos os 455.570 servidores ativos, inativos e pensionistas. A ação inclui cargos comissionados, contratos temporários, funcionários de empresas, de autarquias e órgãos da Administração Indireta. O anúncio foi feito nesta terça-feira (30), durante uma coletiva na Secretaria de Fazenda e Planejamento do Estado do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ). Estavam presentes o secretário de Fazenda e Planejamento, Luiz Cláudio Gomes; o diretor-presidente do Rioprevidência, Reges Moisés; o subsecretário de Fazenda e Planejamento, Fábio Amaral; e o subsecretário de Gestão de Pessoas, Edson Teramatsu.

O projeto será coordenado pela Sefaz-RJ e pelo Rioprevidência. A atualização cadastral deverá ser feita sempre no mês de aniversário do servidor ativo, inativo e pensionista. Enfim, a mudança começará no próximo mês para os nascidos em novembro. O recenseamento é uma medida do Plano de Recuperação Fiscal do Estado do Rio. Entretanto, o objetivo é de promover a melhoria da base de dados da folha de pagamento do funcionalismo.

Objetivo

Segundo o secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Gomes, o objetivo é atualizar o cadastro dos servidores ativos, inativos e pensionistas. O recenseamento pretende identificar erros na folha de pagamento e corrigi-los. É algo que já acontece em vários sistemas previdenciários. Primeiramente, o recenseamento seria feito apenas para os aposentados e pensionistas. Depois foi estendido para os ativos, sem qualquer custo para o Estado. Além disso, também haverá a prova de vida no momento do recenseamento”, afirmou.

De acordo com o diretor-presidente do Rioprevidência, Reges Moisés, hoje, como o Bradesco é o banco que tem a folha do estado, todos os servidores e pensionistas têm uma conta salário. Ele orientou que mesmo quem tem portabilidade deve ir ao Bradesco.

A atualização cadastral será realizada nos dias úteis de 11 a 25 de cada mês. Somente poderão fazer o recenseamento no próximo mês todos os nascidos em novembro. Quem nasceu em dezembro deverá aguardar o referido mês para procurar a agência do Bradesco e assim por diante. Os nascidos de janeiro a outubro vão fazer o recenseamento somente em 2019, dentro dos seus respectivos meses de nascimento. A atualização cadastral obrigatória será destinada aos servidores do Poder Executivo e abrangerá os órgãos que fazem parte da folha de pagamento administrada pela Secretaria de Fazenda, por meio do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos.

As informações completas sobre o recenseamento estarão disponíveis nos sites da Sefaz-RJ , do Rioprevidência  e no Portal do Servidor .

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!