sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioItaguaíAlunos e professores se mobilizam contra corte de verbas

Alunos e professores se mobilizam contra corte de verbas

Estudantes, profissionais da Educação e sindicalistas se mobilizam, nesta quarta-feira (15), contra o corte de verbas das instituições federais e universidades públicas, em todo o país. Convocados por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), as manifestações criticam ainda a possibilidade de extinção da vinculação constitucional que assegura recursos para o setor e a proposta de reforma da Previdência. Na região, os Sindicatos Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica aderiram a paralisação.   Em Seropédica, cerca de 200 alunos e professores do Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR), fizeram um ato contra o corte de verbas. A paralização dos alunos causou um eng

Estudantes, profissionais da Educação e sindicalistas se mobilizam, nesta quarta-feira (15), contra o corte de verbas das instituições federais e universidades públicas, em todo o país.

Convocados por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), as manifestações criticam ainda a possibilidade de extinção da vinculação constitucional que assegura recursos para o setor e a proposta de reforma da Previdência.

Na região, os Sindicatos Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica aderiram a paralisação.   Em Seropédica, cerca de 200 alunos e professores do Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR), fizeram um ato contra o corte de verbas.

A paralização dos alunos causou um engarrafamento de mais de 5 km nos dois sentidos da Estrada Rio-São Paulo.  A Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e representantes da Secretaria de Ordem Pública do município acompanharam a manifestação.

No fim da tarde desta quarta-feira, haverá uma manifestação na Cinelândia, no Centro do Rio.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), a medida foi tomada porque a arrecadação de impostos está menor do que o previsto .

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!