DESTAQUESeropédica

Gripe aviária: Ibama suspende chegada de animais a centro de triagem após morte suspeita

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) emitiu um comunicado nesta terça-feira (30) no qual suspende por tempo indeterminado o recebimento de animais silvestres por parte do Cetas (Centro de Triagem de Animais Silvestres), em Seropédica. Este, aliás, é o único espaço do estado do Rio de Janeiro autorizado para a tal atividade.

A decisão ocorre depois que uma ave da espécie N. brasilianum (biguá) apresentou sinais clínicos indicativos (suspeitos) de gripe aviária em Duque de Caxias, nesta segunda (29), e foi levada ao Cetas, onde morreu na última madrugada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ibama encaminhou o corpo para exames. Caso a análise confirme, este será o quarto caso de morte de ave por Influenza aviária H5N1 no Rio de Janeiro. Os outros aconteceram em São João da Barra, Cabo Frio e na Ilha do Governador. Já no Brasil, será o 14º óbito.

SINTOMAS    

Segundo o Ibama, dentre os sintomas que a ave apresentou no Cetas, estão tremores na cabeça e no corpo; dificuldade respiratória; letargia; pernas arrepiadas; asas caídas; torção de cabeça e pescoço e andar em círculos e de costas.

Apesar da suspensão da chegada de novos animais, o Ibama afirma que os que já estão no local permanecerão por lá por tempo indeterminado. Já a direção do Cetas emitiu uma nota para assegurar que a ave com suspeita de gripe aviária ficou em total isolamento: “Cabe destacar que a ave foi mantida isolada dos demais animais para evitar contágio”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Cetas também confirmou a veracidade de um vídeo que circula pela Internet, no qual é possível ver o biguá, possivelmente contaminado, em agonia – confira abaixo. A administração do centro só não soube informar a autoria das imagens.

O Ministério da Agricultura e Pecuária informa que, para os humanos, a transmissão da doença não se dá por meio de consumo de carne ou ovos. O risco está no contato direto com aves contaminadas ou mortas. Ainda não há confirmação de casos entre pessoas no país.

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
/* */