domingo, novembro 28, 2021
InícioItaguaíPrograma Vem Passarinhar registra 119 espécies de aves no Parque Estadual da...

Programa Vem Passarinhar registra 119 espécies de aves no Parque Estadual da Ilha Grande

A atividade visa estimular a observação de aves como ferramenta de preservação Cento e dezenove espécies de aves foram registradas pelas lentes fotográficas dos participantes do Programa Vem Passarinhar realizado no feriadão de Corpus Christi, no Parque Estadual da Ilha Grande. A atividade, que contou com a participação de 12 pessoas, tem a finalidade de estimular a prática da observação de aves, uma ferramenta de conservação da biodiversidade por meio de visitas às unidades de conservação estaduais. Das espécies observadas, três foram avistadas pela primeira vez na unidade de conservação: japu (Psarocolius decumanus), gaturamo-rei (Euphonia  cyanocephala) e sanã-parda (Laterallus melanophaius). Outras 30 são endêmicas da Mata Atlântica, dentre elas, o tangará (Chiroxiphia caudata), a corujinha-sapo (Megascops atricapilla

A atividade visa estimular a observação de aves como ferramenta de preservação

Cento e dezenove espécies de aves foram registradas pelas lentes fotográficas dos participantes do Programa Vem Passarinhar realizado no feriadão de Corpus Christi, no Parque Estadual da Ilha Grande. A atividade, que contou com a participação de 12 pessoas, tem a finalidade de estimular a prática da observação de aves, uma ferramenta de conservação da biodiversidade por meio de visitas às unidades de conservação estaduais.

Das espécies observadas, três foram avistadas pela primeira vez na unidade de conservação: japu (Psarocolius decumanus), gaturamo-rei (Euphonia  cyanocephala) e sanã-parda (Laterallus melanophaius). Outras 30 são endêmicas da Mata Atlântica, dentre elas, o tangará (Chiroxiphia caudata), a corujinha-sapo (Megascops atricapilla)  e o tiê-sangue (Ramphocelus brasilius).

A programação começou na sexta-feira (21).  Os participantes percorreram a Estrada da Colônia, onde fizeram o registro das aves. Nesse mesmo atrativo foi realizada a observação noturna dos pássaros. No dia seguinte, a atividade ocorreu na Praia de Lopes Mendes, eleita uma das mais belas do mundo pelo jornal espanhol “El País”, em 2016.

No domingo (23), os observadores participaram do circuito Abraão, uma trilha circular onde estão localizados os atrativos Praia Preta, Amolares, Ruínas do Lazareto, Aqueduto (uma obra de 1893), Poção e os mirantes Aqueduto e Praia Preta, considerados pontos excelentes para a apreciação de pássaros.

O Parque Estadual da Ilha Grande foi criado em 1971. Em 2007, a área protegida da unidade de conservação foi ampliada e, atualmente, ocupa 12.052 hectares. A unidade de conservação é tão importante para a proteção da biodiversidade que foi reconhecida pela Organização das Nações Unidades para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como parte da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, em 1992.

Além da rica biodiversidade, a unidade de conservação possui valiosos marcos históricos e culturais que podem ser visitados, como dois presídios, um aqueduto, ruínas de fazendas, uma trilha com calçamento feito por escravos e as ruínas do Lazareto, antiga fazenda comprada por D. Pedro II, em 1884.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!