domingo, novembro 28, 2021
InícioItaguaíEscola de Mangaratiba promove Mostra de Dança

Escola de Mangaratiba promove Mostra de Dança

Ação realizada pela escola Coronel Moreira da Silva foi em comemoração a Semana Municipal de Dança A Escola Municipal Coronel Moreira da Silva, em Mangaratiba, realizou nesta terça-feira (30) a I Mostra de Dança Escolar. A iniciativa, em comemoração a Semana Municipal de Dança, contou com apresentações das alunas do 6º e 7º ano em ritmos como carimbó, axé, balé e pop. A ação visa contemplar a Lei 1136, criada em maio de 2018, com o objetivo de estimular a linguagem artística. De acordo com a diretora da escola, Elizabeth de Andrade, esse trabalho já é realizado durante todo ano por meio de eventos culturais. “Sabemos da importância da cultura na vida dos nossos alunos. A Lei criada pelo vereador Renato Fiu Fiu veio para alavancar ainda mais esses projetos culturais. Agradeço as alunas, pais, professores e funcionários que par

Ação realizada pela escola Coronel Moreira da Silva foi em comemoração a Semana Municipal de Dança

A Escola Municipal Coronel Moreira da Silva, em Mangaratiba, realizou nesta terça-feira (30) a I Mostra de Dança Escolar. A iniciativa, em comemoração a Semana Municipal de Dança, contou com apresentações das alunas do 6º e 7º ano em ritmos como carimbó, axé, balé e pop. A ação visa contemplar a Lei 1136, criada em maio de 2018, com o objetivo de estimular a linguagem artística.

De acordo com a diretora da escola, Elizabeth de Andrade, esse trabalho já é realizado durante todo ano por meio de eventos culturais. “Sabemos da importância da cultura na vida dos nossos alunos. A Lei criada pelo vereador Renato Fiu Fiu veio para alavancar ainda mais esses projetos culturais. Agradeço as alunas, pais, professores e funcionários que participaram de tudo para que nosso evento desse certo”.

A superintendente de Projetos Educacionais, Priscila Vasconcelos, acredita que a ação é de extrema importância para os alunos. “A dança faz parte do dia-a-dia escolar desde que a criança ingressa nas unidades de ensino e deve ser sempre incentivada por contribuir no processo de aprendizagem, além de favorecer a socialização, a criatividade, o reconhecimento e a valorização das origens e também por elevar a auto-estima dos alunos”.

 Também prestigiou o evento o diretor de Projetos Educacionais, Daniel Martinez.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!