Greve suspensa até maio

fevereiro 14, 2014 1 Comentário »

ATUAL vai à assembleia do Sepe e dos professores, que decidem por estado de greve

BIANCA GARCIA
bianca.garcia@jornalatual.com.br

O Sindicato Estadual de Profissionais de Educação (SEPE) e os professores da rede municipal de ensino de Itaguaí optaram pelo estado de greve – interrupção do movimento grevista até maio, período acordado entre os servidores e a prefeitura do município. Com as aulas normalizadas, o Comando de Greve afirma que vai manter os servidores informados quanto aos acontecimentos, já que se as promessas não forem cumpridas em maio voltam à greve.

 A decisão aconteceu na tarde de ontem (13) durante assembleia, que já estava marcada desde semana passada. Além da votação para a manutenção ou interrupção da greve, o Comando realizou também a votação da comissão paritária – que discute as questões diretamente com o governo. A assembleia, que estava marcada para acontecer na Catedral São Francisco Xavier, teve que mudar às pressas porque o número de professores presentes na reunião aumentou consideravelmente. Para receber todos os servidores foi preciso a quadra municipal, localizada na rua José Roberto Freire, no centro.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Servidores reunidos para votar manutenção ou interrupção da greve (Bianca Garcia)

Servidores reunidos para votar manutenção ou interrupção da greve (Bianca Garcia)

Um comentário

  1. miriam castilho 14/02/2014 at 12:28 pm -

    um governo que em um ano não se organizou e ainda fez o município perder milhões, em meses vai melhorar alguma coisa? não se está em estado de greve mais de sítio.

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.