Uma passarela equivocada sobre a Rio-Santos

fevereiro 6, 2014 Nenhum Comentário »

Distância de ponto ideal de passagem e falta de segurança obriga moradores a se arriscarem na travessia da Rio-Santos

A ausência ou a má colocação de uma passarela poderia trazer transtornos apenas no momento da travessia de pedestres. Mas não é o que se observa na rodovia Rio-Santos, na altura do bairro Jardim Weda. Desde as obras da duplicação da rodovia, quando o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) construiu passarelas, a população sofre devido a uma construção que, segundo eles, não foi instalada onde deveria.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Moradora tem dificuldade para atravessar a Rio-Santos com o carrinho de bebê (Carlos Roberto)

Moradora tem dificuldade para atravessar a Rio-Santos com o carrinho de bebê (Carlos Roberto)

Moradora tem dificuldade para atravessar a Rio-Santos com o carrinho de bebê (Carlos Roberto)

Moradora tem dificuldade para atravessar a Rio-Santos com o carrinho de bebê (Carlos Roberto)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.