Crime passional homoafetivo em Itaguaí

janeiro 28, 2014 1 Comentário »

CARLOS ROBERTO
carlos.roberto@jornalatual.com.br

Walace de Souza Silva, 28 anos, confessou aos policiais de 50ª DP, na tarde dessa segunda-feira (27), que matou a facadas um homem conhecido como “Letícia”. Eles teriam tido um caso, e Walace, ao abandonar Leticia e se envolver com outra pessoa, gerou ciúmes e uma interpelação. Ao ser procurado pela vítima na sua casa, Walace reagiu e a matou com duas facadas – uma na barriga e outra no peito.

A polícia militar do 24º BPM (Queimados) recebeu uma denúncia anônima sobre o crime. Os policiais militares foram em busca de Walace, que foi encontrado na Avenida Ayrton Sena, onde ocupava um quitinete. Ao chegarem lá, o suspeito estava preparando-se para fugir, mas foi interrompido pelos agentes ainda na tarde de segunda-feira (27) e foi levado para a 50ªDP (Itaguaí). Walace em um primeiro momento negou o ocorrido, mas uma testemunha não-identificada apontou ele como o autor do crime. Em seguida, Walace confessou o crime aos agentes civis e levou os policiais ao local onde ele depositou o corpo de “Leticia”.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Walace de Souza Silva,na porta da 50ª DP é conduzido por policiais para depoimento (Carlos Roberto)

Walace de Souza Silva,na porta da 50ª DP é conduzido por policiais para depoimento (Carlos Roberto)

Um comentário

  1. Floriza carioca 28/01/2014 at 12:03 pm -

    Ih clima de novela!!!

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.