Promessa de prioridade para os itaguaienses

janeiro 24, 2014 Nenhum Comentário »

Novo sistema vai proporcionar melhoria no atendimento das unidades de saúde da cidade

RENATO REIS
renato.reis@jornalatual.com.br

O dilema vivido pela Secretaria Municipal de Saúde de Mangaratiba, a respeito do atendimento a pacientes que vêm de fora, conforme ressaltou o vice-prefeito Ruy Quintanilha (veja matéria na página 5), não é diferente da avaliação que faz a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itaguaí, denunciando um dos setores mais nevrálgicos da administração pública no país. Através da assessoria de comunicação da prefeitura, a secretária Andréa Lima manifestou preocupação com o problema, que, no seu entender, também reflete no atendimento aos pacientes locais.

A nota divulgada pela Ascom Itaguaí acentua que o número de pessoas de cidades próximas, e outras nem tão próximas, que buscam atendimento médico hospitalar em Itaguaí, aumenta ano após ano. Segundo dados oficiais, em 2013 foram realizadas 148 cirurgias para atender a essa demanda, sendo 92 procedimentos na área de obstetrícia e ginecologia, 38 ortopédicas e 18 de cirurgias em geral. Ainda segundo a Prefeitura de Itaguaí, o mesmo ocorre no caso de exames laboratoriais, com 314 situações, principalmente em especialidades de alta complexidade, e no de consultas, em que nem sempre é possível mensurar o quantitativo, segundo a prefeitura.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Andréa Lima: novo modelo vai exigir ações ordenadas entre as secretarias dos municípios da região (Arquivo Atual)

Andréa Lima: novo modelo vai exigir ações ordenadas entre as secretarias da região (Arquivo Atual)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.