União é arma da polícia contra a criminalidade

janeiro 15, 2014 3 Comentários »

Aumento de efetivos também está entra nas ações para coibir ações criminosas 

A denúncia do vereador Abelardinho, de que policiais militares teriam sido omissos ao não abordarem um grupo de motoqueiros que, no último dia 29, seguia em direção ao Morro do Carvão, supostamente armados, dá bem a ideia do grau de intranquilidade que domina a população de Itaguaí. Por outro lado, o episódio revela que ações urgentes precisam ser adotadas para trazer de volta a paz à cidade. É essa a preocupação expressa pelos participantes da última reunião do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Itaguaí (CCSPI), realizada na segunda-feira (13), na Câmara Municipal da cidade. “Acredito que o comandante da 5ª Cia da PM deve convidar oficialmente o vereador o mais rápido possível para prestar mais explicações a respeito da denúncia”, assegura Herman Ferreira, secretário do CCSPI.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

O CORONEL Álvaro Moura representou o comandante-geral da PM na reunião do CCSPI (Carlos Roberto)

O coronel Álvaro Moura representou o comandante-geral da PM na reunião do CCSPI (Carlos Roberto)

3 Comentários

  1. Floriza carioca 15/01/2014 at 11:43 am -

    Só espero que o Abelardinho de certo passe a errado…

  2. Floriza carioca 15/01/2014 at 11:44 am -

    Corrigindo Só espero que o Abelardinho de certo não passe a errado…

  3. joseitaguai@gmail.com 16/01/2014 at 11:47 pm -

    em Itaguaí geral a policia nada faz a não ser buscar dinheiro

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.