UFRJ divulga resultado da análise das águas da região

dezembro 30, 2013 Nenhum Comentário »

O documento será encaminhado ao Ibama e ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea)

BAÍA DA ILHA GRANDE

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) divulgou no dia (27), na Câmara Municipal de Angra dos Reis, o laudo final da análise da água coletada na região de Angra dos Reis, a propósito da ocorrência de espumas e florações na Baía da Ilha Grande.

Uma equipe multidisciplinar formada por biólogos, químicos e oceanógrafos, por solicitação da Eletronuclear, concluiu que o fenômeno é de origem natural. Segundo os especialistas, a análise microbiológica não identificou elementos tóxicos e não há influência da Central Nuclear na composição química das águas da região. A formação de espumas deve-se a um processo físico de agitação do mar, como resultado da combinação de microorganismos e resíduos associados às condições meteorológicas e oceanográficas.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

A equipe multidisciplinar concluiu que o fenômeno na Baía da Ilha Grande é de origem natural (Reprodução

A equipe concluiu que o fenômeno na Baía é de origem natural (Reprodução Internet)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.