Ponte sobre o Rio Cação ameaça itaguaienses

dezembro 19, 2013 1 Comentário »

Pedestres se arriscam entre carros. Local não tem espaço seguro para travessia das pessoas

ITAGUAÍ

A vida de pedestres e ciclistas não é nada fácil em Itaguaí. Mas passar de um lado para o outro na Ponte do Rio Cação, no Bairro de Brisamar, é um desafio ainda mais perigoso. Isso porque a ponte segue o perfil da cidade: foram feitas para veículos. Atravessá-las sem estar motorizado significa rezar para não ser atropelado, pular muretas, enfrentar calçadas quebradas e mato alto.

A falta de planejamento na construção da obra é evidente. Falta sinalização para pedestres e as muretas que separam as pistas são muito baixas, o que pode causar acidentes, principalmente com crianças. Para o laminador José Vale dos Santos, 60, falta sinalização e uma passagem exclusiva para as pessoas: “todo momento vemos mulheres com crianças atravessando essa ponte e os carros não respeitam. Énecessário que seja construída uma passarela ao lado. Se um carro atropelar alguém aqui, a pessoa vai parar lá dentro do rio”.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Criança divide espaço com os veículos ao cruzar a Ponte sobre o Rio Cação no Bairro de Brisamar (Carlos Roberto)

Criança divide espaço com os veículos ao cruzar a Ponte sobre o Rio Cação no Bairro de Brisamar (Carlos Roberto)

Um comentário

  1. Benedita Suzano Da Silva 19/12/2013 at 1:00 pm -

    Aqui em Itguaí tudo acaba em pizza , ñ ve a vi – aduto! Vida foram ceifadas , outras estão na cama e o que foi feito até agora? E BRASIL!!!!

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.