Os perigos que a falta de saneamento traz

dezembro 13, 2013 1 Comentário »

Itaguaí não trata seu esgoto, o que deixa a população vulnerável a várias doenças

ESPECIAL

A falta de saneamento básico é causa direta de muitas doenças e mortes em todo o mundo. A maioria dessas doenças é de fácil prevenção, como no caso da diarreia entre crianças menores de cinco anos. Os índices de mortalidade infantil também têm relação direta com a falta de acesso a serviços de abastecimento de água, de coleta e tratamento de esgoto e de recolhimento e destinação adequada do lixo, o que interfere diretamente na qualidade e expectativa de vida da população e no seu respectivo desenvolvimento. Números alarmantes apontam que todos os anos em torno de 3,5 milhões de pessoas morrem no mundo por falta de acesso à água potável e a condições mínimas de saneamento. Desse total, cerca de 1,4 milhões são crianças.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Esgoto corre a céu aberto pelas ruas de Itaguaí. Cidade

Esgoto corre a céu aberto pelas ruas. Cidade não trata nem 1% dos resíduos que produz (Carlos Roberto)

Um comentário

  1. Floriza carioca 13/12/2013 at 12:35 pm -

    Que contraste essa imagem kkkkk

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.