Sem salário, sem trabalho

dezembro 12, 2013 Nenhum Comentário »

Vigilantes do Banco do Brasil fazem greve por atraso no pagamento e agência fica sem atendimento na cidade

COTIDIANO

JULIANA TORRES
juliana.torres@jornalatual.com.br

Os itaguaienses que precisaram ir ao Banco do Brasil nessa quarta-feira (11) encontraram as portas fechadas. Os oito vigilantes que trabalham na agência fizeram uma greve que culminou na paralisação do atendimento interno do banco. Segundo o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Itaguaí e Seropédica, Itamar Oliveira, os trabalhadores terceirizados estão há 15 dias sem receber o salário mensal, que é de responsabilidade do Grupo CJF. “Sem vigilantes, o banco não pode funcionar”, disse ele. E essa foi forma que eles encontraram para reivindicar a melhoria e regularização do pagamento mensal pelos serviços prestados.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

A agência do Banco do Brasil, em Itaguaí, teve o atendimento interno paralisado nessa quarta-feira  (Caio Assis)

A agência do Banco do Brasil teve o atendimento interno paralisado nessa quarta-feira (Caio Assis)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.