Capacitação para mototaxistas

junho 18, 2013 Nenhum Comentário »

OPORTUNIDADE
Associação abre inscrições em Seropédica e Itaguaí

 Natália Figueiredo
natalia.figueiredo@jornalatual.com.br

A Associação dos Mototaxistas do Estado do Rio de Janeiro (Amoterj) anuncia inscrições para curso de capacitação da classe, de acordo com a Lei 12.009, de 2009, que regulamenta o exercício da profissão. De acordo com o gestor de contratos da Amoterj, Celso Barbosa, hoje todas as cooperativas de mototaxistas do estado exercem a profissão de maneira informal, tratando o passageiro como uma carona. “Mesmo com a aprovação da lei, que regulamenta a profissão, é preciso cumprir as exigências que a mesma determina, como a inserção da placa vermelha junto ao Detran, utilização de veículo com no máximo cinco anos de uso e curso de capacitação”, afirmou.
O curso consiste em 30 horas de aula, 25 horas teóricas e cinco práticas, disponível em dois turnos (manhã e tarde) e com material didático incluso. Esse será ministrado nos municípios de Seropédica e Itaguaí, nos respectivos endereços: BR-465, Escola do IZ e na Avenida Prefeito Isoldackson Cruz de Brito, 391, próximo ao Guanabara. As inscrições em Itaguaí podem ser feitas no mesmo local e em Seropédica serão feitas no escritório da Rua Fernando Costa e Silva, 974 – sala 2. Ou através da ficha online, disponível no site da associação. As turmas serão de 30 alunos com previsão de início para o mês de julho.

Celso Barbosa, gestor de contratos da Amoterj, todas as cooperativas de mototaxistas do estado exercem a profissão de maneira informal (FOTO ANDREY SUDO)

Celso Barbosa, gestor de contratos da Amoterj, todas as cooperativas de mototaxistas do estado exercem a profissão de maneira informal (FOTO ANDREY SUDO)

Segundo os representantes da Amoterj, esse é o primeiro passo para os mototaxistas se estabelecerem como transporte público legal, pois com a regulamentação, o governo poderá inserir verba em infraestrutura para os mesmos, como motopontos, motofaixas etc. “No estado há 148 mil mototaxistas, mas nenhum deles está autorizado legalmente para exercer a profissão pelo Detran. O Governo Federal já disponibilizou 13 milhões para investimentos, mas esse dinheiro volta pela falta de cooperativas dentro das regulações”, argumentou Jairo Portelo, diretor da Amoterj. De acordo com os representantes a prefeitura de Seropédica já apoia a iniciativa, através da Secretaria de Serviços Públicos e da atualização da lei no município. Outras reuniões estão sendo marcadas com as demais prefeituras para a continuidade das aulas. “Esta não é somente uma sugestão, é uma exigência legal, uma obrigação para exercer a profissão”, concluiu o coordenador geral da baixada, Sergio de Freitas.

 

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.