Empresa de ônibus muda itinerário e causa revolta

março 1, 2013 2 Comentários »

TRANSPORTE

ITAGUAÍ - Empresa de ônibus muda itinerário e causa revolta 1 Foto

PASSAGEIROS DA Expresso Mangaratiba não aprovaram a mudança. (FOTO FLÁVIO BARBOSA)

Desde a semana passada, a Expresso Mangaratiba não circula mais até o Trevo de Mazomba

RENATA PIRES
renata.pires@jornalatual.com.br

Passageiros da empresa de ônibus Expresso Mangaratiba que faz o itinerário Itaguaí -Caxias, Palmares, Santa Cruz e Campo Grande foram surpreendidos desde a semana passada quando a linha mudou a rota de circulação. As linhas que faziam o ponto final no Trevo de Mazomba passaram a circular apenas até ao supermercado Guanabara.
Porém, esta mudança, teve reflexo direto no bolso dos passageiros, que precisam pegar duas conduções ao invés de uma. “Agora tenho que pegar dois ônibus para ir para o trabalho e dois para voltar para casa, pois os ônibus saem da rodoviária e dão a volta no Formigão. Infelizmente quem sofre é sempre a população com esse tipo de arbitrariedade”, disse um passageiro que se identificou apenas como Edvaldo.

ITAGUAÍ - Empresa de ônibus muda itinerário e causa revolta 2 Foto

Secretaria de Transporte e Trânsito cede terreno para empresa estacionar os ônibus. (FOTO CARLOS ROBERTO)

O ATUAL procurou a empresa para falar sobre o assunto, mas nenhum responsável atendeu à equipe de reportagem. No entanto, alguns motoristas das linhas especulam, dizendo que a circulação foi interrompida devido ao abaixo-assinado feito por alguns moradores inconformados com a falta de estrutura no local para guardar os ônibus. Outros, porém alegam que a prefeitura é quem interrompeu o acesso do ônibus até o Trevo do Mazomba.
Segundo o secretário de Transporte e Trânsito, Alex de Lucena Barboza esta exigência não partiu da prefeitura. “Pelo contrário. Nós já solicitamos que a empresa retorne a circular no local”, assegura. Nesta quinta-feira (28) os ônibus voltaram a circular até o Trevo do Mazomba, onde a prefeitura cedeu um terreno, na Rua Genário Teixeira, para a empresa guardar os carros.

2 Comentários

  1. Floriza carioca 01/03/2013 at 12:53 pm -

    Essa empresa pinta a borda a anos com os passageiros, ainda mais q agora não tem VAN.
    E até hoje nenhuma autoridade tomou providência

  2. Eli Andersom 02/03/2013 at 12:45 am -

    Segue email enviado ao Prefeito Luciano Motta em 21 de fevereiro.

    AGRADEÇO AO PREFEITO PELO ATENDIMENTO A SOLICITAÇÃO.

    Ao
    Prefeito Luciano Motta

    Prezado Prefeito Luciano Motta, faço uso deste canal (Face Book) para manifesta a minha insatisfação com a seguinte situação.
    Sou morador do bairro de Brisamar e trabalho no centro do Rio de Janeiro. Hoje (21/02) pela manhã (05h30min) quando fui para o ponto de ônibus (entrada de Itaguaí – Mazomba), onde há quatro anos embarco para Campo Grande, não havia nenhum veículo da empresa EXPRESSO para fazer o transporte dos usuários das linhas: Campo Grande, Caxias, Santa Cruz e outras. Após 1 hora de espera, resolvi saber o que estava acontecendo, fui informado pelo fiscal da empresa, que por ordem da PREFEITURA DE ITAGUAÍ, a empresa EXPRESSO não mais poderia parar ou estacionar os veículos na localidade, pois estavam causando transtornos e só voltariam a fazer ponto, após a conclusão das obras da nova rodoviária que será construída na localidade.

    Tenho algumas dúvidas e preocupações em relação a situação:

    • Quando foi que os usuários do transporte foram notificados em relação a tal mudança? Pois nenhuma notificação formal foi exposta, tanto no local quando nos veículos;
    • Com a mudança, os ônibus farão ponto final no Guanabara. Pergunto. Como ficará a situação dos usuários que fazem uso até os prédios, Vila Margarida, Cação, Brisamar e Mazomba? É importante dizer que esse trajeto é longo e os usuários seriam obrigados a utilizar outra passagem, que no caso o valor mínimo é de R$2,80;
    • Será que usuários estão preparados para bancar tal valor, já que normalmente as empresas dão preferência para trabalhadores que usam apenas duas passagens por dia ida/volta;
    • Se realmente tal situação foi determinada pela Prefeitura de Itaguaí, me pergunto. Será que tal atitude, não foi um pouco arbitraria e irresponsável? Pois não considerou os transtornos causados aos usuários;
    • A mesma atitude será tomada em relação aos transtornos causados pelo estacionamento do GUANABARA?

    Minhas sugestões:

    • Para tal mudança, o ideal seria que a população fosse comunicada com aviso prévio;
    • Existe uma grande área próxima a torre, o local poderia ser utilizado para os ônibus serem estacionados e o ponto, seria no mesmo local que já era utilizado.

    Minhas indagações foram baseadas naquilo que ouvi e presenciei, desta forma, solicito uma resposta por parte da Prefeitura de Itaguaí, uma vez que, tal resposta eliminará qualquer tipo de rumor ou informações incorretas.

    Desde já agradeço!

    Eli Andersom da Silva Souza
    Morador, eleitor e usuário do precário transporte público de Itaguaí.

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.