Ademar Quintella: “É preciso considerar que qualquer aterro é ruim”

agosto 28, 2014 Nenhum Comentário »

RENATO REIS

A afirmação do secretário de Ambiente e Agronegócios de Seropédica, Ademar Quintella, deixa claro que devem ser ágeis, permanentes e precisos os cuidados com a fiscalização do funcionamento da Central de Tratamento de Resíduos Santa Rosa, que recebe diariamente centenas de caminhões com lixo de Seropédica, Itaguaí, de Mangaratiba e do Rio de Janeiro. A declaração de Quintella ocorreu durante entrevista em que ele condenou a informação sobre a estação de tratamento de chorume do complexo, que, embora anunciada, ainda não funciona. Na conversa, o secretário fala sobre o desafio de acompanhar uma rotina em que tecnologia e pesquisa são essenciais para garantir mínimos impactos ambientais, numa realidade em que esse compromisso, às vezes, acaba em segundo plano.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

O SECRETÁRIO Quintella defende que Itaguaí e Seropédica devem se unir em torno da CTR Santa Rosa (Foto Divulgação/Levi Oliveira)

O SECRETÁRIO Quintella defende que Itaguaí e Seropédica devem se unir em torno da CTR Santa Rosa (Foto Divulgação/Levi Oliveira)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.