Regularização de camelôs em controvérsia

agosto 7, 2014 Nenhum Comentário »

Prefeitura de Itaguaí anuncia regularização de comércio ambulante, mas camelôs relutam por causa das péssimas condições de trabalho

JULIANA TORRES

Na terça-feira (5), a Prefeitura de Itaguaí enviou um texto oficial para informar que, “por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública, está regularizando o comércio ambulante”. Mas, apesar de parecer uma boa notícia para aqueles que não trabalham neste setor, não houve animação por parte dos comerciantes de rua. Segundo os ambulantes, o recadastramento exige, além dos R$ 15,22 (divulgado pela prefeitura), uma taxa anual de R$ 150. “Se a gente trabalhasse em boas condições, estaria tudo bem. Mas aqui [referindo-se ao camelódromo da praça Vicente Cicarino] a gente divide o espaço com pombos e mendigos”, disse um deles. A equipe de reportagem do ATUAL conversou com alguns ambulantes do centro de Itaguaí e constatou que a maioria está insatisfeita com as condições de trabalho. Por isso não concordam com o recadastramento. Segundo um ambulante, o prefeito Luciano Mota (PSDB), quando ainda candidato, se reuniu na praça com os comerciantes e prometeu melhorias, como as instalações de boxes (): “Depois que se elegeu, veio aqui mais uma vez. Disse que não tinha esquecido, mas até agora nada foi feito”. Além da exposição ao tempo (chuva e sol), os ambulantes reclamaram também da aparência de abandono do camelódromo da praça: “Olha como isso está. As pessoas não param aqui para comprar. Às vezes a gente passa o dia aqui e não vende nada”.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Por estarem expostos ao tempo e por causa da aparência de abandono, alguns ambulantes se recusam a fazer o recadastramento (Foto Juliana Torres)

Por estarem expostos ao tempo e por causa da aparência de abandono, alguns ambulantes se recusam a fazer o recadastramento (Foto Juliana Torres)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.