Prefeitura de Itaguaí: a dança dos número ocultos

julho 16, 2014 Nenhum Comentário »

A falta de transparência do governo Mota fica evidente nas intrincadas, complexas e omissas contas da Expo

JUPY JUNIOR

O Defensor Público Carlos Benati declarou que ficou “abismado”com o que o ATUAL considera uma “dança oculta de números”. Trata-se dos gastos da Expo 2014. Sem previsão de detalhamento em uma planilha única (cobrança de muitos munícipes interessados em acompanhar os gastos com dinheiro público), o total de investimentos feito pela prefeitura ainda é um mistério. O ATUAL pediu à prefeitura uma relação das despesas, mas recebeu a seguinte resposta oficial, em e-mail enviado à redação: “Todos os gastos da Prefeitura Municipal de Itaguaí são publicados no Jornal Oficial, que está disponível no site e na sede da Prefeitura”. Assim. Secamente. É o mesmo que dizer: “quem quiser, procure”. Pois bem, a reportagem procurou. E não entendeu nada. É uma equação mais do que intrincada, porque os valores ficam ocultos pelas “rubricas” – códigos referentes aos setores para onde são destinados os recursos, sem muito detalhamento, contudo. Tais rubricas são alterações do Plano Plurianual – PPA (que determina o quê será gasto em quê pelos próximos quatro anos).

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Túnel de entrada da Expo: muitos milhões e redução do orçamento do HMSFX (Foto Arquivo ATUAL)

Túnel de entrada da Expo: muitos milhões e redução do orçamento do HMSFX (Foto Arquivo ATUAL)

 

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.