Prefeitura derrapa feio na pista

julho 4, 2014 Nenhum Comentário »

PODER EXECUTIVO

 

Campeonato de motociclismo que ocorre na XXI Expo de Itaguaí vai custar mais do que o dobro de outras etapas

 

JUPY JUNIOR

jupy.junior@jornalatual.com.br

Um evento de motocross dentro da Expo de 2014 vai custar R$ 121 mil. O mesmo evento, em Silva Jardim (região dos Lagos do RJ) custou em 2013 menos da metade: cerca de R$ 50 mil. Em Nova Friburgo, em dezembro do ano passado, a última etapa carioca de motocross custou R$ 62 mil. Na página oficial daquele município, o secretário municipal de Esportes e Lazer, Renato Satyro, comentou: “Todos os eventos de motocross que foram realizados em Nova Friburgo, até hoje, sempre atraíram um público muito grande, fora do normal se comparado com outras competições esportivas do município. E a boa notícia é que neste ano estamos realizando um motocross com um custo ainda menor. Em 2009/2010, a realização da etapa nacional custou cerca de R$ 280 mil e hoje estamos fazendo um evento de alto nível com R$ 62 mil reais”.

A pista da discórdia na Expo: evento em Itaguaí tem a chancela da Lemerj, entidade que organizou campeonato em Silva Jardim, na Região dos Lagos, que está sob investigação do Minstério Público Estadual (Foto: CARLOS ROBERTO)

A pista da discórdia na Expo: evento em Itaguaí tem a chancela da Lemerj, entidade que organizou campeonato em Silva Jardim, na Região dos Lagos, que está sob investigação do Minstério Público Estadual (Foto: CARLOS ROBERTO)

INEXIGIBILIDADE

O preço não é o único elemento que merece mais atenção no que se refere ao evento. O Ministério Público Estadual (MP-RJ) vai denunciar a prefeitura de Silva Jardim por uma questão de inexigibilidade de licitação. A Prefeitura diz que não precisaria abrir licitação para que se organizasse o evento. O MP acha que não, tanto que já abriu o inquérito.

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.