Sem ambulância e médicos, criança entra em convulsão

junho 18, 2014 Nenhum Comentário »

Com febre alta, criança de dois anos é levada ao Posto de Saúde de Chaperó e precisa ser socorrida pelos bombeiros

CARLOS ROBERTO
JULIANA TORRES

Revolta. Este é o sentimento de uma mãe que viu sua pequena filha, de apenas dois anos, entrar em convulsão, desmaiar e não ter atendimento médico. O grande problema foi que todas essas reações, provocadas por uma febre alta, aconteceram no Posto de Saúde de Chaperó (em Itaguaí) e, por incrível que apareça, não havia médicos no local para socorrer a menina. Esta foi a afirmação inconformada de Paloma Moura Pinheiro, de 25 anos, mãe da criança. Segundo ela, a responsável pela unidade de saúde precisou chamar a equipe do Corpo de Bombeiros da cidade para prestar socorro à menina: “Não tinha pediatra, nem ambulância”. O caso aconteceu na segunda-feira (16), por volta das 12h30.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Após levar filha para receber atendimento em posto de saúde, mãe se revolta com falta de estrutura do local (Foto Carlos Roberto)

Após levar filha para receber atendimento em posto de saúde, mãe se revolta com falta de estrutura do local (Foto Carlos Roberto)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.