Protesto fecha a antiga Rio-São Paulo

junho 17, 2014 Nenhum Comentário »

Cenário de guerra durante manifestação por melhorias no km 32

CARLOS ROBERTO
WELINGTON CAMPOS

Um cenário de guerra se formou na manhã de ontem (16), após moradores do bairro São Francisco, no Km 32 (Nova Iguaçu) interditarem pela segunda vez em uma semana os dois sentidos da BR-465, a antiga Estrada Rio-São Paulo. Houve correria, confusão e bombas de gás e efeito moral. Os manifestantes fizeram barreiras para reivindicar serviços de melhorias para via, infraestrutura e saneamento básico. O bairro pertence à Nova Iguaçu, município da Baixada Fluminense, mas fica bem próximo à Seropédica, município da região metropolitana do Rio. A manifestação começou por volta das 4h30 da madrugada, e, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 200 pessoas colocaram entulho nas pistas e chegaram a atear fogo em pneus. Criaram-se duas colunas de fumaça negra e muitos moradores proferiram palavras de ordem em sinal de protesto. Devido à interdição, o trânsito ficou complicado na estrada nos dois sentidos. Mais cedo, outro trecho foi interditado pelos manifestantes na altura do km 21, antigo km 32, próximo à Casa de Fogos Santo Antônio. O desvio foi feito pela Reta do Piranema – que liga a antiga Rio-São Paulo à Rio-Santos, altura de Itaguaí – e apresentou trânsito complicado. Ainda de acordo com a PRF, o bloqueio foi feito no km 10, do município de Seropédica. Por volta das 11h45, policiais do Batalhão de Choque da PRF e da Força Nacional tentavam dispersar os manifestantes. Segundo relatos de motoristas, houve confusão. Os agentes utilizaram bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. Policiais do Batalhão de Choque da PM também foram acionados. Os manifestantes prometeram um novo protesto para a próxima segunda-feira (23).

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Em protesto, manifestantes usaram entulhos e até uma carreta para interromper o trânsito (Foto Carlos Roberto)

Em protesto, manifestantes usaram entulhos e até uma carreta para interromper o trânsito (Foto Carlos Roberto)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.