Cavalgada marca do domingo em Seropédica

junho 17, 2014 Nenhum Comentário »

Cavaleiros e amazonas percorreram um trajeto de aproximadamente cinco quilômetros entre os bairros Ecologia e Boa Esperança

Centenas de cavaleiros e amazonas, de variadas idades, uns vestidos a caráter outros nem tanto, se uniram no início da tarde de domingo (15), em Seropédica, para percorrer, a cavalo um trajeto de aproximadamente cinco quilômetros entre os bairros Ecologia e Boa Esperança, com a chegada no Rancho do Ozório, onde os participantes foram recepcionados com shows de bandas de forró e churrasco servido gratuitamente. O evento foi prestigiado pelo prefeito Alcir Martinazzo, que estava acompanhado do ex-secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Wilson Beserra. Era por volta das 1h30 quando os participantes montaram em seus cavalos e carroças partindo em direção ao destino, ao qual chegaram cerca de uma hora depois. Em seguida, todos aproveitaram para confraternizar, numa reunião que se prologou quase até o início da noite. Durante o trajeto entre os dois bairros, a cavalgada passou por lugares como centro da cidade, atraindo a atenção de quem estava no local. Organizador do evento, o vereador  Wagner Vinicius de Oliveira, o Waguinho do Emiliano, justificou que a ideia foi resgatar um evento que já foi tradicional na cidade, e que está retornando pelo terceiro ano consecutivo. A cavalgada teve o apoio da Prefeitura de Seropédica e atraiu participantes de diversas regiões, como, por exemplo, Paracambi , Nova Iguaçu, Tinguá, Itaguaí, Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca e Santa Cruz. “Depois de anos sem acontecer as cavalgadas resolvi trazer esta alegria para os moradores que gostam de participar. É a terceira cavalgada que estamos organizando com o apoio da prefeitura”, festejou o vereador.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

OS CAVALEIROS e amazonas quando se aproximavam do centro da cidade (Foto Carlos Roberto)

OS CAVALEIROS e amazonas quando se aproximavam do centro da cidade (Foto Carlos Roberto)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.