Saiba como aliviar as cólicas menstruais

junho 13, 2014 Nenhum Comentário »

Médica indica métodos para diminuir as terríveis dores abdominais das mulheres

BIANCA GARCIA
JULIANA TORRES

Dismenorreia. Esse é o nome da dor aguda que algumas mulheres sentem pelo menos uma vez por mês. Sim, é esse o nome técnico para cólica menstrual. Segundo estudo do ginecologista César Fernandes, publicado na Revista Brasileira de Medicina, cerca de 33 milhões de brasileiras sofrem com essa dor a ponto de impactar sua produtividade no trabalho. A maioria, porém, se apropria de alguma das medidas variadas para por fim a este incômodo: remédios, repouso, compressa de água quente, exercícios físicos. O ATUAL conversou com a médica Gabriela Lauretti, professora associada do departamento de Anestesia e Dor da Escola de Medicina de Ribeirão Preto (USP) e fundadora do Centro de Tratamento da Dor do Hospital de Ensino da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP), para saber como as mulheres podem agir para acabar com este problema. Segundo Lauretti, a cólica está relacionada ao movimento de contração do útero para eliminar o endométrio após não haver fecundação. Sendo assim, uma das maneiras de aliviar as dores menstruais é a utilização das pílulas anticoncepcionais: “A pílula é indicada nos casos de cólica para mulheres com vida sexual ativa e que não desejam engravidar”.  Exercícios físicos como alongamento, ioga ou caminhada também recebem indicação, pois “essas atividades liberam endorfinas, que possuem propriedades analgésicas”. A água quente também é outra aliada para o alívio das cólicas. De acordo com a médica, tanto o banho quanto a imersão em banheira estimulam a vasodilatação das artérias que irrigam o endométrio. “A bolsa de água quente provoca essa dilatação no local, gera a sensação de relaxamento e alivia o desconforto”, completou. Quanto aos remédios específicos para as dores, Lauretti faz uma ressalva: “É importante ter a indicação de um médico”.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

De acordo com médica, a cólica está relacionada ao movimento de contração do útero para eliminar o endométrio após não haver fecundação (Foto Reprodução Internet)

De acordo com médica, a cólica está relacionada ao movimento de contração do útero para eliminar o endométrio após não haver fecundação (Foto Reprodução Internet)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.