Indústria: zero reais em quatro meses

junho 5, 2014 Nenhum Comentário »

Prefeitura de Itaguaí ainda não investiu em indústria; valores foram divulgados na audiência pública da última sexta (30)

BIANCA GARCIA

Imagine um município de um dos estados mais ricos do país. Agora imagine que esse município, com localização estratégica e importância histórica não invista em indústrias. Não se trata de investimento baixo. Trata-se de nenhum investimento. Não precisa mais imaginar: esse município é Itaguaí. De acordo com a prestação de contas do primeiro quadrimestre de 2014, realizada na última sexta-feira (30 de maio), nada foi investido em indústrias (confira nas reproduções do site da prefeitura desta página) durante estes quatro primeiro meses. Ao comparar a ausência de investimento nestes meses de 2014 com o que foi investido nos 12 meses de 2013, não há muita diferença. Ao longo de todo o ano passado foram investidos irrisórios R$ 10 mil. Um setor tão importante quanto este em uma cidade com dois portos, o Porto de Itaguaí e o Porto Sudeste, ‘recebe’ apenas R$ 10 mil da prefeitura. Ao constatar esta falta de investimento torna-se evidente o motivo pelo qual Itaguaí não se destaca como uma das cidades brasileiras mais desenvolvidas economicamente. Afinal, quais as consequências de uma cidade que não investe em indústrias?

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Nuclep (foto) é apenas uma das fábricas instaladas no município. Itaguaí conta com grandes empresas como a Vale, CSN, Odebrecht, o Porto de Itaguaí e Porto Sudeste (Reprodução Internet)

Nuclep é apenas uma das fábricas instaladas no município. Itaguaí conta com grandes empresas como a Vale, CSN, Odebrecht, o Porto de Itaguaí e Porto Sudeste (Reprodução Internet)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.