Dia da África ganha comemoração na UFRuralRJ

junho 3, 2014 Nenhum Comentário »

Evento contou com a participação do prefeito e de autoridades de Angola, Guiné e Moçambique

Comemorado a cada 25 de maio, o Dia da África foi celebrado pelo segundo ano consecutivo em Seropédica, com uma série de eventos, na quarta-feira (28), na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuralRJ), instituição que abriga um contingente estudantes dos países africanos de língua portuguesa. Durante o evento foram homenageados os estadistas africanos Nelson Mandela e António Agostinho Neto. O evento teve o apoio da Prefeitura de Seropédica, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (SMECE). Dentre as autoridades presentes, estavam o prefeito Alcir Martinazzo, o vice-reitor da UFRuralRJ, Eduardo Mendes Callado; o embaixador de Moçambique no Brasil, Manuel Tomás Lubisse; o cônsul da Guiné no Rio de Janeiro, D’Artagnan Baptista Guimarães; o vice-cônsul de Angola no Rio, Rosário de Ceita; o coordenador do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação, Márcio Lopes; a subsecretária de Cultura, Nádia Alvarez; além do moderador da mesa, professor Nilton Silva. O aluno Eduardo Lutonda representou os estudantes dos países africanos de língua portuguesa matriculados na UFRuralRJ. A cerimonia começou com uma palestra do vice-cônsul de Angola, que abordou o tema “25 de maio – Dia da África, por quê?”. Simultaneamente, na parte exterior do Anfiteatro Gustavo Dutra (Gustavão) funcionava uma exposição de artesanatos e uma oficina de tranças, lembrando uma parte da cultura africana. No período da tarde, os participantes tiveram a oportunidade de assistir a palestras com os seguintes temas: Vida e obra de António Agostinho Neto; O papel de Nelson Mandela na África; Movimentos de luta e desenvolvimento da África; Relação Brasil-África: luta e igualdade social; África amanhã, o que tem sido feito hoje que terá bons frutos amanhã. O professor Nilton Silva disse que comemorar o Dia da África é muito importante, já que o Brasil é o país com o maior número de africanos fora do continente. “Isso deixa clara a dimensão da importância dos povos africanos para o nosso país”, ressaltou.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

O PREFEITO Martinazzo discursa ressaltando a importância dos povos africanos para o Brasil (Divulgação / Levi Oliveira)

O PREFEITO Martinazzo discursa ressaltando a importância dos povos africanos para o Brasil (Divulgação / Levi Oliveira)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.