Universidade Federal Rural do Medo e da Insegurança

maio 23, 2014 Nenhum Comentário »

Indignados, mais de 300 estudantes reuniram-se em protesto no campus na quinta (22)

 

Terça-feira, 20 de maio de 2014, por volta das 21h, uma universitária e seu namorado a caminho de um dos pavilhões de aulas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) ouvem gritos vindos do meio do mato próximo. “Parecia risadas, mas à medida que a gente se aproximava, dava para ouvir nitidamente: ‘Ai meu Deus, socorro’”, relatou o namorado da universitária, que preferiu não se identificar. Logo depois, um motorista da universidade teria ido ao local e visto dois homens correndo, porém não teria encontrado a vítima. O motorista, segundo relatos do rapaz, ao comunicar o fato aos guardas universitários em plantão no momento, teria ouvido que a viatura estava sem gasolina. Por este motivo, não houve providências. Relatos de estupro, assaltos à mão armada, ameaças e demais crimes de diferentes graus de ofensividade infelizmente se tornaram comuns na universidade. Este é o retrato da realidade insegura e cotidiana que enfrentam alunos do campus Seropédica da Rural, e que os motivaram a promover na quinta-feira (22) um ruidoso protesto contra a situação.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Com faixas, cartazes e gritos de guerra, alunos lutaram por segurança na UFRRJ (Ramon Cesar)

Com faixas, cartazes e gritos de guerra, alunos lutaram por segurança na UFRRJ (Ramon Cesar)

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.