Câmara cobra explicações do Dnit sobre viaduto da Rio-Santos

maio 1, 2014 Nenhum Comentário »

ARCO METROPOLITANO

 

WELINGTON CAMPOS

welington.campos@jornalatual.com.br

 

O vereador Eliezer Lage Bento, o Zezé (PSDC), questionou, durante a sessão desta terça-feira (29), a conclusão do Arco Metropolitano no trevo da Nuclep, local onde deveria ser construído um viaduto sobre a Rodovia Rio-Santos. Segundo o parlamentar, a construtora responsável pela obra no trecho que corresponde o acesso ao Porto de Itaguaí não está obedecendo ao projeto da construção do elevado.

Uma das preocupações do vereador é com a situação dos motoristas que seguem pela Rio-Santos em direção à Ilha da Madeira. “Ninguém sabe ainda como será a passagem, se é por baixo ou por cima. No projeto original, o viaduto do Arco Metropolitano passa por cima da rodovia. E o que se vê não é isso. Eles estão fazendo o traçado por baixo. A primeira chuva que der vai alagar tudo, pois não fizeram nenhuma drenagem. Essa obra está sendo feita a toque de caixa”, ressaltou o vereador Eliezer Lage, que cobrou também mais passarelas na Rio-Santos. “As passarelas não são suficientes, o que já ocasionou várias vítimas de atropelamento”, justificou.

O VEREADOR Zezé cobrou a mesa diretora uma posição do Dnit sobre a construção do viaduto sobre a Rio-Santos (FOTO WELINGTON CAMPOS)

O VEREADOR Zezé cobrou a mesa diretora uma posição do Dnit sobre a construção do viaduto sobre a Rio-Santos (FOTO WELINGTON CAMPOS)

 

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região.

Deixe um comentário

Você precisa estar Logado para comentar.